mar
04

Da influência chinesa na eleição baiana

O governador Rui Costa poderá acrescentar um grande trunfo a seu patrimônio político-eleitoral se conseguir atrair o capital chinês para grandes investimentos na Bahia.

A impressão é positiva, porque, ao contrário das tentativas frustradas dos governos baianos nos últimos anos, desta vez são os estrangeiros que nos visitam, isto é, o interesse é deles.

A comitiva concentrou sua atenção no Porto Sul, Ferrovia Oeste-Leste e Ponte Salvador-Itaparica, projetos capazes de, devidamente executados, gerar desenvolvimento e criar empregos em dimensão que lance o Estado a novo patamar na economia nacional.

Um ano e meio é tempo suficiente para que, caso a iniciativa avance, o dinheiro e a eficiência proverbialmente atribuídos aos chineses produzam um efeito muito positivo na imagem do governo.

Ôôôôô… Maôôôôô…

Os chineses foram ver o Carnaval e teriam se encantado – e dançado – com a música “Faraó”.

Em décadas atrás, só “quebrariam” se a música fosse em homenagem ao Grande Timoneiro.

Be Sociable, Share!

Comentários

Daniel on 4 Março, 2017 at 15:35 #

É que sempre digo: Considerando apenas a mobilidade urbana de Salvador, Rui Costa seria considerado um governador muito bom.

Pena que temos áreas como educação, segurança pública, saúde, saneamento e grande parte do interior do estado em completo estado de abandono!


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos