“C`est formidable”, dizem em coro os franceses. É extraordinária, repete este editor do BP, há décadas, desde a primeira vez que a ouviu cantar, através do serviço de auto falante de Santo Antonio da Glória, na beira do São Francisco, o rio da minha aldeia. Quando vi a imagem, depois, no cinema da Vila Poty, em Paulo Afonso, foi paixão à primeira vista e para sempre.

Quando o jornalista Claudio Leal me trouxe de Paris o livro autobiográfico “Je suis comme já suis” (Eu sou como eu sou), com delicada dedicatória de Julliette, fiquei sem saber direito o que fazer até hoje.

FELIZ ANIVERSÁRIO, JAVANAISE!!!

(Vitor Hugo Soares)

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • Fevereiro 2017
    S T Q Q S S D
    « jan   mar »
     12345
    6789101112
    13141516171819
    20212223242526
    2728