DEU NO BLOG POR ESCRITO ( DO JORNALISTA LUIS AUGUSTO GOMES)

Pacto secreto

Alguns números da eleição da Mesa da Assembleia Legislativa merecem breve comentário, ainda que tardio.

O presidente Angelo Coronel, maior votação entre os candidatos, ao lado de Carlos Geilson, eleito segundo vice-presidente, teve 57 dos 62 votos.

Isso significa que foram cinco votos nulos ou em branco de marcelistas mais arraigados que não quiseram dar a Coronel o gostinho da unanimidade.

Não seria difícil mapear-lhes os nomes com base no noticiário anterior à disputa, mas não vem ao caso. O que importa é que a maioria preferiu compor secretamente com Coronel.

O pulo do gato em falso

Bem-sucedido em sua vida política de muitas e muitas vitórias contra pouquíssimas derrotas, pulando de galho em galho como lhe convém, o deputado Janio Natal, desta vez, deu um duplo mortal sem rede.

Depois de ficar publicamente comprometido com a reeleição de Marcelo Nilo, inclusive comparecendo a almoço pelo qual possivelmente não pagou, abandonou o barco e foi ser candidato a terceiro vice-presidente na chapa adversária.

Foi seu erro. Melhor seria que imitasse outros funâmbulos, como Alan Castro e Roberto Carlos, e não tivesse metido a cara. Enfrentou um dos parlamentares mais queridos do plenário, Alex Lima, e foi derrotado.

Veja-se que foi o único caso de bate-chapa, com a desistência de Euclides Fernandes de disputar a quarta vice com Manassés. Alex ganhou por 34 a 26. Isso significa que, dos votos somados da oposição, PSD e PP, Janio perdeu cinco.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • Fevereiro 2017
    S T Q Q S S D
    « jan   mar »
     12345
    6789101112
    13141516171819
    20212223242526
    2728