fev
02


Imbassahy ri por último.

DO G1

Por Luciana Amaral, G1, Brasília

O porta-voz da Presidência, Alexandre Parola, anunciou no início da noite desta quinta-feira (2) que o deputado Antonio Imbassahy (PSDB-BA) será o novo ministro da Secretaria de Governo.

No mesmo pronunciamento, Parola informou que o presidente Michel Temer criou o Ministério dos Direitos Humanos e a Secretaria Geral da Presidência, com status de ministério.

A Secretaria Geral existiu até outubro de 2015, quando a então presidente Dilma Rousseff retirou o status de ministério da pasta e a juntou a outras secretarias que também tinham esse status (como a da Micro e Pequena Empresa), as transformando na Secretaria de Governo.

No caso da pasta de direitos humanos, existia a Secretaria de Direitos Humanos, com status de ministério. Em maio do ano passado, quando Temer assumiu como presidente em exercício, ele transferiu as responsabilidades da pasta para o Ministério da Justiça que, na ocasião, passou a ser Ministério da Justiça e Cidadania.

A nomeação de Antonio Imbassahy será publicada na edição desta sexta (3) do “Diário Oficial da União”, assim como a medida provisória que cria os dois novos ministérios.

Os ministros

A nova ministra dos Direitos Humanos será Luislinda Valois (PSDB-BA), atual secretária de Promoção da Igualdade Racial do Ministério da Justiça.

A Secretaria Geral será comandada pelo atual secretário-executivo do Programa de Parceria para Investimentos (PPI), Wellington Moreira Franco (PMDB-RJ). A nova secretaria será responsável pelo PPI e abrangerá as secretarias de Comunicação Social, de Administração e o cerimonial da Presidência.

Com a criação dos dois novos ministérios, o governo passa a ter 28 pastas.

Mudanças no Ministério da Justiça

Alexandre Parola também anunciou que o Ministério da Justiça, atualmente chamado de Ministério da Justiça e Cidadania, terá as funções “ampliadas” e passará a chamar Ministério da Justiça e da Segurança Pública – desde que Temer assumiu a Presidência, Alexandre de Moraes é o ministro da pasta.

Be Sociable, Share!

Comentários

Taciano Lemos de Carvalho on 2 Fevereiro, 2017 at 19:44 #

Temer usou a estratégia tentada por Dilma, quando tentou emplacar Lula no Ministério.

Deu foro privilegiado a Moreira Franco, quadro da confiança do presidente, mas cheio de citações pelos delatores.


Carlos Volney on 3 Fevereiro, 2017 at 11:55 #

“Na mosca”, Taciano. E confesso que me estarrece a seletividade da imprensa. Lembro da indignação que demonstraram, com razão, a meu ver, no caso de Lula. Agora,nem um “piu”, diante dessa escandalosa nomeação para a qual precisou-se até de criar um Ministério.
É o que acho, os bandidos do PT realmente merecem estar na cadeia, mas, e os outros dos demais partidos?????


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • Fevereiro 2017
    S T Q Q S S D
    « jan   mar »
     12345
    6789101112
    13141516171819
    20212223242526
    2728