Dezenove baianos são apontados

Na tentativa de eliminar dúvidas, segue, em ordem alfabética, a relação dos baianos que Cláudio Melo Filho, em depoimento que ocupou 82 páginas, diz terem recebido recursos de caixa 2:

Adolfo Viana (PSDB), Antonio Brito (PSD), Antonio Imbassahy (PSDB), Arthur Maia (SD), Benito Gama (PTB), Claudio Cajado (DEM), Colbert Martins (PMDB), Daniel Almeida (PCdoB), Edvaldo Brito (PSD), Geddel Vieira Lima, Jaques Wagner (PT), João Almeida (PSDB), José Carlos Aleluia (DEM), Jutahy Magalhães Júnior (PSDB), Leur Lomanto Junior (PMDB), Lídice da Mata (PSB), Lúcio Vieira Lima (PMDB), Paulo Magalhães (DEM) e Rui Costa (PT).

Amizade antiga

Cláudio Melo, já falecido, pai do primeiro delator da Odebrecht, Cláudio Melo Filho, e ex-diretor da mesma empresa, foi, além do então presidente Lula, a única pessoa citada no discurso de posse de Jaques Wagner no primeiro mandato de governador, em 2007.

Estava numa cadeira de rodas no plenário, foi apresentado e aplaudido. O fato chamou muito a atenção dos jornalistas na tribuna de imprensa da Assembleia Legislativa e grande parte dos veículos fez o registro.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • dezembro 2016
    S T Q Q S S D
    « nov   jan »
     1234
    567891011
    12131415161718
    19202122232425
    262728293031