DEU NO BLOG POR ESCRITO (DO JORNALISTA LUIS AUGUSTO GOMES)

Só Nilo mostrou força na disputa

As últimas cartadas na disputa pela presidência da Assembleia Legislativa mostram que o deputado Marcelo Nilo (PSL), embora faltem quase dois meses para o pleito, caminha para a reeleição.

Nilo, que afirma ter 31 deputados comprometidos com ele, levou cerca de 25 a um almoço de apoio, um número expressivo, quando se sabe que 32 votos são suficientes para a vitória.

Os adversários Angelo Coronel (PSD) e Luiz Augusto (PP), que caminham juntos, reúnem por enquanto os 13 votos dos seus partidos e não conseguiram fazer um ato inicial consistente para a campanha.

Oposição depende da natureza da eleição

A oposição, hoje com 21 deputados, esteve meio órfã em todas as cinco eleições vencidas por Nilo. Desta vez, sob a liderança do prefeito ACM Neto, há a expectativa de que possa jogar um papel mais importante.

A questão é saber se a eleição terá natureza “assemblear”, como dizia o ex-deputado Eujácio Simões, ou se extrapolará para o plano da sucessão estadual, despertando no prefeito o desejo de derrotar o governador Rui Costa e o PT, que querem Nilo.

O líder Sandro Régis (DEM) disse que a oposição está “estudando o melhor caminho” e que verá “a melhor proposta política para a Casa”, ou seja, não vai descer a detalhes na fase atual, preferindo observar o conflito no campo governista.

O presidente da Assembleia, por seu turno, movimenta-se sem reserva e anuncia que já conversou com todos os oposicionistas, entre os quais, aliás, tem o voto declarado do deputado Targino Machado (PPS). É certo que tem outros amigos na bancada, que possivelmente não lhe faltariam numa eleição secreta.

Ponto fraco

Fonte deste blog com assento no bloco parlamentar governista disse que Marcelo Nilo tem um “ponto fraco” dentro do seu próprio partido, o PSL.

É que ele teria prometido dez mil votos a cada colega da bancada – são sete – “e agora está preparando o genro para disputar a Assembleia”.

Candidato único

Legal foi Marcelo Nilo dizer que, para a presente conjuntura, é preciso um presidente experiente.

Lembra aquela queixa dos que procuram o primeiro emprego: nunca conseguem a vaga porque se exige “experiência”.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • dezembro 2016
    S T Q Q S S D
    « nov   jan »
     1234
    567891011
    12131415161718
    19202122232425
    262728293031