DEU NO BLOG POR ESCRITO ( DO JORNALISTA LUIS AUGUSTO GOMES)

FHC não golpearia em idade provecta

Reconhecido pela capacidade intelectual e vivacidade de raciocínio que preserva aos 85 anos, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso não deve ter refletido ao propor, como solução para a crise atual, uma eleição imediata para sucessão de Michel Temer.

“É preciso logo fazer uma emenda no Congresso para a eleição direta”, disse FHC, em programa de TV, esquecido de que Temer exerce um mandato legítimo, com prazo determinado pela Constituição: 1º de janeiro de 2019.

A extinção de um mandato popular – já que a titular anterior e Temer compuseram uma unidade jurídica político-eleitoral –, que é o que sugere FHC, tem motivações constitucionais previstas: morte, renúncia, perda ou privação dos direitos políticos, perda da nacionalidade e doença incapacitante.

O presidente da República pode ainda ser cassado por crimes de responsabilidade ou comuns, nas devidas instâncias (Senado e Supremo Tribunal Federal). FHC, “democraticamente”, quer a anuência de Temer para seu plano, um “golpe sociológico”.

Be Sociable, Share!

Comentários

Daniel on 7 dezembro, 2016 at 11:37 #

FHC, indiscutivelmente, o último grande presidente do Brasil!


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • dezembro 2016
    S T Q Q S S D
    « nov   jan »
     1234
    567891011
    12131415161718
    19202122232425
    262728293031