nov
20

DEU NO BLOG POR ESCRITO (DO JORNALISTA LUIS AUGUSTO GOMES)

OPINIÃO

Geddel dá a vida (política) pelo La Vue

Fica seriamente abalada a imagem do ministro Geddel Vieira Lima com a entrevista do ex-ministro da Cultura, Marcelo Calero, à Folha de S. Paulo, acusando-o de pressão para liberar a construção de um prédio em Salvador no qual Geddel possuiria um apartamento.

O empreendimento é o La Vue Ladeira da Barra, projetado para 30 andares, embora a legislação só permita até 13 na área, que está sob o controle do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), órgão do Ministério da Cultura.

Usando, segundo Calero, “uma forma de contato muito truculenta e assertiva, para dizer o mínimo”, Geddel o teria procurado cinco vezes, tendo explicado que se a licença para a obra não saísse, ele seria prejudicado, pois comprou sua unidade “no alto”.

Calero narra com amplos detalhes todo o processo, falando da “pressão inacreditável” que sofreu e concluindo: “Entendi que tinha contrariado de maneira muito contundente um interesse máximo de um dos homens fortes do governo, e que ninguém iria me apoiar”.

O ex-ministro disse que talvez seja “muito ingênuo” por ter ficado “atônito” com o “absurdo” do pedido, por telefone, de um colega de governo, e admite que pensou: “Gente, esse cara é louco, pode estar grampeado e vai me envolver em rolo, pelo amor de Deus”.

A entrevista deixa uma dúvida: ou Geddel não assimilou integralmente o momento especial que vive o país, ou não está ligando nem um pouco, desde que ele não se ferre. Mas o fato é que a situação compromete muito a quem pensa ter um futuro político na Bahia.

Be Sociable, Share!

Comentários

Taciano Lemos de Carvalho on 20 novembro, 2016 at 11:04 #

Esse Geddel, ninguém pode negar, é um grande ‘construtor’. Como conseguiu ‘construir’ uma carreira política em terreno tão instável como o da política brasileira?

Pensando bem, talvez seja mesmo o terreno pantanoso e lamacento que facilitou sua ‘construção’, construção que deveria ser interrompida lá no início da década de 90, quando protagonizou aquele espetáculo deprimente do ‘choro’ na CPI dos Anões, a do Orçamento. Foi naquela ocasião salvo por um cacique da política baiana, que o domou e o levou para o seu partido. Depois se rebelou. Mas aí é outra história lamacenta.

Camaleão, Geddel esteve com quase todos os últimos governos federais, sendo ministro de Lula, Dilma e agora de Temer. Mas como todos esses aí se equivalem na essência, nada de estranho. Pelo menos eu não fico espantado.

A Vista, para o político baiano É a Vida, mesmo que para isso nós contribuintes e meio ambiente paguemos caro. Muito caro

Quanto a Temer, nada teme. Continuará com Geddel, ou não, como diria o Mano Caetano.


Taciano Lemos de Carvalho on 20 novembro, 2016 at 11:44 #

Escritório de primo/sócio de Geddel advoga para construtora de imóvel barrado

http://www.tribunadainternet.com.br/escritorio-de-primosocio-de-geddel-advoga-para-construtora-de-imovel-barrado/


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • novembro 2016
    S T Q Q S S D
    « out   dez »
     123456
    78910111213
    14151617181920
    21222324252627
    282930