nov
17
Postado em 17-11-2016
Arquivado em (Artigos) por vitor em 17-11-2016 00:15

DEU NO BLOG POR ESCRITO ( DO JORNALISTA LUIS AUGUSTO GOMES)

Propaganda oficial é prato cheio para MP

Será com constrangimento que o governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão (PMDB), irá sancionar a lei que fixa em 0,01% do orçamento a verba anual de propaganda, rubrica em que seu governo e o do antecessor, Sérgio Cabral, jogaram R$ 900 milhões em seis anos.

A lei, de autoria do deputado Wanderson Nogueira (PSOL), foi aprovada por unanimidade na Assembleia Legislativa, numa prova de que mesmo os deputados menos sensíveis à austeridade financeira sabem que a maré não está pra peixe e que todo cuidado é pouco.

Meritória em todos os sentidos, a iniciativa de Nogueira, no entanto, tocou em apenas um aspecto da farra publicitária: a incompatibilidade entre a promoção da imagem do governo e a quebra financeira do Estado, sem recursos em caixa para pagar a aposentados.

No panorama atual, é difícil acreditar na existência de governos que torrem tanta grana somente para promover-se, o que, no caso do Rio, seria extremo cinismo, pois R$ 68 milhões se foram no ano passado e outros tantos estão previstos para o corrente, embora a crise já se anunciasse desde antes.

Portanto, não seria improcedente que as autoridades investigativas do país, concentradas no Ministério Público e na Polícia Federal, voltassem os olhos para o setor, cuja importância cresce especialmente agora, quando se fecha o cerco contra financiamentos ilícitos de campanhas e de pessoas.

É espaço para que políticos corruptos se mancomunem com agências inescrupulosas, que há algumas, e movimentem vultosas somas, como as de que se fala, em troca de mercadoria que, passada a etapa da produção, tem custos puramente virtuais – enfim, uma forma legal e tranquila de tirar dinheiro dos cofres públicos.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • novembro 2016
    S T Q Q S S D
    « out   dez »
     123456
    78910111213
    14151617181920
    21222324252627
    282930