DO EL PAÍS

Joan Faus

Washington

Na véspera da eleição presidencial, a democrata Hillary Clinton mantinha na segunda-feira, 7, uma vantagem de três pontos sobre o republicano Donald Trump, de acordo com a média das pesquisas compiladas pela publicação Real Clear Politics. Clinton tem o apoio de 47,2% e Trump de 44,2%. No meio da semana passada, a vantagem caiu para 1,3 pontos, mas voltou a crescer nos últimos dias. Há 10 dias, antes que o FBI começasse a examinar novos e-mails de Clinton, nos quais não encontrou nenhum delito, a diferença era de cinco pontos.

Clinton mantém uma vantagem de quatro pontos sobre Trump, de acordo com uma pesquisa feita pela rede CBS News realizada entre 2 e 6 de novembro. Outra pesquisa realizada pela Bloomberg Politics, entre 4 e 5 de novembro, mostra uma intenção de voto a favor da democrata de 44% contra 41% do republicano

Além das pesquisas de voto geral, a chave para a eleição está nos Estados mais disputados, já que, na maioria deles, o candidato com mais apoio leva todos os votos eleitorais do Estado. Há 538 votos eleitorais em jogo. O candidato que obtiver 270, ganha as eleições.

Clinton tem garantidos 203 votos no Colégio Eleitoral e Trump 164, de acordo com as médias de pesquisas do Real Clear Politics. Falta definir 171, e serão esses que vão fazer a balança pender.

Dos Estados indecisos, a Flórida é o que concede mais votos eleitorais: 29. Ali, as pesquisas apontam para um empate. Uma diferença mínima de votos em um punhado de condados pode ser a chave que vai determinar quem será o próximo presidente.

Clinton lidera na Pensilvânia (que possui 20 votos), Michigan (16) e Virgínia (13), enquanto Trump está na frente em Ohio (18), Geórgia (16) e Carolina do Norte (15).

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • novembro 2016
    S T Q Q S S D
    « out   dez »
     123456
    78910111213
    14151617181920
    21222324252627
    282930