nov
03
Postado em 03-11-2016
Arquivado em (Artigos) por vitor em 03-11-2016 00:09

DEU NO BLOG POR ESCRITO ( DO JORNAL

O PT, por enquanto, é tudo que Rui tem

O esquartejamento eleitoral do PT dá margem às mais esdrúxulas teses, como a de que o governador Rui Costa poderia, deixando a legenda, aliar-se à já posta candidatura presidencial de Ciro Gomes (PDT).

É certo que o PT dificilmente será competitivo em 2018, pela ruptura do compromisso de ética e justiça social que o sustentava, e o governador precisa de um palanque nacional forte tendo em visto seu projeto de reeleição.

Entretanto, Rui somente deixaria o PT a bordo de um movimento amplo de extinção – ou abandono – da sigla pelas suas lideranças mais expressivas no país, nos estados e nos municípios, com uma proposta legítima, ainda que a longo prazo, ao povo brasileiro.

Do contrário, o que diria, filiado, a um partido qualquer, depois de uma vida dedicada ao que seria um projeto redentor da nação? “Nós destruímos tudo e agora estamos aqui com nova roupagem para enrolar vocês de novo”?

Também diziam que Neto ia deixar o DEM

A posição de Rui é, mais ou menos, a que atravessou cinco anos atrás, no DEM, o então deputado ACM Neto, que se irritava quando indagado se deixaria o partido, tido como em desagregação

Em nota de 15/05/11, intitulada “O DEM é o único túmulo digno para ACM Neto”, este blog dizia da inconveniência política e eleitoral da mudança, que lhe tiraria o lastro nacional e prejudicaria regionalmente os planos de disputar a Prefeitura.

Não se pode dizer que seus planos foram malsucedidos. De sigla moribunda, o DEM revigorou-se pela atuação que o próprio governo do PT lhe propiciou, com a particularidade de que Neto se tornou a grande estrela nacional do partido.

Portanto, no patamar a que chegou, o governador Rui Costa não pode dar passo em falso, muito menos salto no escuro. Terá, até segunda ordem, de conviver com os fantasmas que o cercam, tomando o cuidado de não ser confundido com eles.

Tal e qual

Grupos no PT defendem até a mudança da sigla, não se sabe para qual. Também nisso o DEM tem experiência, pois se originou de um PFL envergonhado.

Be Sociable, Share!

Comentários

luiz alfredo motta fontana on 3 novembro, 2016 at 8:30 #

ACM Neto grande estrela nacional?

Menos Luís, menos! Nem ACM, o original, foi estrela desta magnitude.

Nem tudo que reluz na província ilumina o cenário nacional.


luís augusto on 3 novembro, 2016 at 10:24 #

Do partido. E é mesmo. Foi três vezes líder na Câmara e é a grande expressão eleitoral que o DEM tem com a Prefeitura de uma importante capital.


luiz alfredo motta fontana on 3 novembro, 2016 at 13:05 #

Assim é se lhe parece!

Esperemos, lembrando sempre, caso sua versão triunfe, que o fluxo de “investimentos” para a formação de liderança nacional, especialmente as composições esdruxulas, estarão minguando, afinal as “famílias” que patrocinam estão sob vara, vide Odebrecht e OAS.

Eu, prefiro aguardar o fluxo torrencial da lava-jato.


luiz alfredo motta fontana on 3 novembro, 2016 at 13:53 #

Ao mais, para não utilizar o termo “estatura” política, creio faltar ao Netinho a “densidade” política que o eleve à categoria de estrela nacional.

A província tem seus caprichos, nem sempre em conformidade ao universo em que se insere, por bem ou por mal.


Daniel on 3 novembro, 2016 at 17:17 #

Considero qualquer tentativa de comparação entre o PT e o DEM uma ofensa grave ao DEM.


luiz alfredo motta fontana on 4 novembro, 2016 at 10:22 #

E por falar em Rui costa e Wagner, aqui a charge de Sid:

http://www.chargeonline.com.br/php/charges/AUTO_sid.jpg


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • novembro 2016
    S T Q Q S S D
    « out   dez »
     123456
    78910111213
    14151617181920
    21222324252627
    282930