out
15
Postado em 15-10-2016
Arquivado em (Artigos) por vitor em 15-10-2016 00:21

DO BLOG O ANTAGONISTA
Quase deu

Novo presidente do TST favorável à PEC 241, Ives Gandra Filho comprou briga com outros ministros da corte ao retirar da Câmara vários projetos de lei que previam a criação de centenas de cargos em tribunais regionais espalhados pelo Brasil.

Alguns desses projetos tiveram tramitação prioritária, como o que previa 636 novos cargos de analista judiciário no TRT da 9ª região.

Quem esperava ansiosamente pela vaga era Tayhani de Queiroz Cachoeira, enteada do ministro do TST João Oreste Dalazen. Tayhani foi a 269ª colocada, mas recorreu à Justiça para melhorar sua posição.

Seu pedido, porém, foi negado. Na decisão, a desembargadora Vivian Pantaleão Caminha ressaltou a “notória penúria orçamentária da Justiça do Trabalho”.

“Na remota hipótese de convocação de multidão de aprovados, haverá edital e, portanto, tempo suficiente à reavaliação do periculum in mora.”

Tayhane tenta, desde 2012, entrar na Justiça do Trabalho. Além do TRT da 9ª Região, ela concorreu ao TST (1162º), ao TRT da 3ª. Região (398º), ao TRT da 4ª Região (637º) e também ao TRT da 15ª Região (636º).

A retirada de pauta dos projetos adia o sonho da jovem.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • outubro 2016
    S T Q Q S S D
    « set   nov »
     12
    3456789
    10111213141516
    17181920212223
    24252627282930
    31