out
14
Postado em 14-10-2016
Arquivado em (Artigos) por vitor em 14-10-2016 00:07

Moro cita Roosevelt contra a corrupção

Sérgio Moro incluiu na sentença de Gim Argello o trecho de um discurso de Theodore Roosevelt sobre a corrupção.

No texto, de 1903, o 26o presidente americano diz que “não existe crime mais sério do que a corrupção” e nem “ofensa mais grave do que a daquele no qual é depositada tão sagrada confiança”.

Para Roosevelt, o corrupto “é pior que o ladrão, é tão maligno como o assassino”. “Outras ofensas violam uma lei enquanto a corrupção ataca as fundações de todas as leis”.

Quem tolera a corrupção é responsável por ela.

“A exposição e a punição da corrupção pública são uma honra para a uma nação, não uma desgraça. A vergonha reside na tolerância, não na correção. Se nós falharmos em dar tudo o que temos para expulsar a corrupção, nós não poderemos escapar de nossa parcela de responsabilidade pela culpa.”

Be Sociable, Share!

Comentários

luis augusto on 14 outubro, 2016 at 6:44 #

Como em todos os presidentes americanos (talvez Obama tenha sido o menos radical), os princípios são para dentro de suas fronteiras.

Ted Roosevelt, simpaticamente representado por Robin Williams na série “Uma noite no museu”, é o mesmo que prescrevia para os países do México para baixo “uma conversa macia e um grande porrete” escondido atrás.


luiz alfredo motta fontana on 14 outubro, 2016 at 11:38 #

Que bom que os presidentes americanos cuidem dos seus, foram eleitos exatamente para isto. O contraponto, talvez seja, Lula ou Dilma, embalando Fidel, Evo, Chaves, entre outros.

Países tem interesses, simples assim.


DANILO CESAR GALLIANI on 17 outubro, 2016 at 15:11 #

TEMOS QUE LUTAR CONTRA A CORRUPÇÃO NO BRASIL, COM TODA A NOSSA FORÇA.


Jair Santos on 17 outubro, 2016 at 19:38 #

Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • outubro 2016
    S T Q Q S S D
    « set   nov »
     12
    3456789
    10111213141516
    17181920212223
    24252627282930
    31