out
11
Postado em 11-10-2016
Arquivado em (Artigos) por vitor em 11-10-2016 00:18

DO BLOG POR ESCRITO ( DO JORNALISTA LUIS AUGUSTO GOMES)

Diálogo, o melhor para Rui, Neto e Salvador

Por jogada eleitoral, o diálogo terá de ser a tônica nas relações entre o governador da Bahia e o prefeito de Salvador nestes dois anos que nos separam da sucessão estadual.

Teremos de ver Rui Costa afirmando: “Vamos trabalhar com a Prefeitura pelo povo de Salvador”. E ACM Neto, a mesma coisa, levando adiante o entendimento institucional que ele mesmo defende.

Para um eventual confronto entre ambos em 2018, Rui tem certa vantagem teórica: A capital e o vasto interior serão seu campo de atuação sem precisar deixar o poder e podendo concentrar esforços desde já até a campanha.

Neto, de capacidade mais restrita fora dos limites municipais, teria um ano e quatro meses para acrescentar à gestão de Salvador fatos que deem a perspectiva de um desempenho de excelência no governo estadual.

O conflito ranzinza só favorece Neto, que é carismático e está munido de elementos positivos que lhe permitem combater tanto no campo administrativo como no político.

Rui terá um tempo para demonstrar à sociedade que não alimenta a dicotomia do “nós e eles” e chegar às eleições purificado de sentimento pessoal que o leve a fazer menos que o possível pela coletividade.

Urnas mais equilibradas

Reitere-se o que foi dito em dias passados: Neto não fará em Salvador 74% dos votos, como acaba de acontecer em sua reeleição.

A disputa, evidentemente, não será parelha, mas a eleição tem outra natureza, e Rui terá a resposta da população ao trabalho em curso na cidade.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • outubro 2016
    S T Q Q S S D
    « set   nov »
     12
    3456789
    10111213141516
    17181920212223
    24252627282930
    31