ago
30
Postado em 30-08-2016
Arquivado em (Artigos) por vitor em 30-08-2016 01:17

DEU NO BLOG POR ESCRITO (DO JORNALISTA LUIS AUGUSTO GOMES)

Uso da vice-prefeita não ajuda ninguém

Não se trata de saber se obras foram superfaturadas na Prefeitura ou se a fortuna do prefeito ACM Neto triplicou ilegalmente: o uso da hoje dissidente vice-prefeita Célia Sacramento com esse tipo de declaração enfraquece a campanha de qualquer adversário, até a da deputada Alice Portugal.

O motivo é que, muito além das pesquisas que fornecem índices a granel, está a avaliação extremamente negativa que “o mercado” faz da vice-prefeita, nas ruas, nos bares, nas filas de bancos e supermercados, nas participações em emissoras de rádio e nas cartas aos jornais, desabonando-a politicamente.

Eleições na Bahia do passado estão pontilhadas de “teleguiados”, candidatos que disputam apenas para cumprir papéis em favor de terceiros, como diz a imprensa que ocorre agora.

Mais recentemente, até um jornal foi usado para produzir factoides que alimentariam na TV a campanha de quem os pagava. O PCdoB, certamente, com sua história, não pode estar seguindo esse caminho.

Já era esperado

A propósito, na nota “Emoções e tensões”, do dia 7, após o inesperado rompimento e do lançamento da candidatura de Célia, este blog especulava: “…cresce a curiosidade por sua campanha e o que poderá dizer para afetar a imagem do principal adversário”.

Imprimir Imprimir Enviar por e-mail Enviar por e-mail

Vassourada

A inocência de Célia é comovente. Depois de romper com o prefeito e candidatar-se contra ele, queria manter nomeações que indicou na Prefeitura.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos