ago
24
Postado em 24-08-2016
Arquivado em (Artigos) por vitor em 24-08-2016 00:04

Isaquias vibrou com bronze e desdenhou da prata

Ao perder, sábado, a medalha de ouro nos metros finais da prova da canoagem para a dupla alemã, o Izaquias Queiroz mostrou toda a sua frustração batendo o remo na água com fisionomia de evidente de desagrado.

É tão própria do ser humano a reação que o cegou, naquele momento, para o grande feito que havia alcançado, de primeiro brasileiro a ganhar três medalhas na mesma edição dos Jogos.

Se já sonhava com o melhor – o primeiro lugar, que, com o parceiro Erlon de Souza, sustentou com vantagem por longos 800 metros –, a prata não valia nada.

Ao contrário, dias antes, ao conquistar inesperadamente um bronze em outra disputa, foi de uma alegria tão esfuziante que, sem demérito para o terceiro lugar, parecia que acabara de levar o ouro.

Foi preciso algum tempo para, como se diz, cair a ficha. Ciente de que estava na mira das câmeras, Isaquias ensaiou um sorriso amarelo, deu um abraço pouco convicto em Erlon e “festejou”.

Prost também fez distinção entre vitórias

O contrário aconteceu com o consagrado piloto francês Alain Prost, que perdeu o campeonato mundial de Fórmula 1 em 1983 e 1984, respectivamente para Nelson Piquet e Nikki Lauda, quando era dado como vencedor.

Foi disputar o título de 1985 novamente como grande favorito, e desta vez, realmente, disparou na frente ao longo do ano. Ao cruzar a linha de chegada na prova decisiva, comemorou como uma pedra de gelo, com esnobes acenos da mão esquerda.

No ano seguinte, foi diferente. A briga era entre Piquet e Nigel Mansell, com suas poderosíssimas Williams. Na última corrida, a 15 voltas do final, estoura o pneu de Mansell, que abandona.

Por preucação, a equipe chamou Piquet para trocar os pneus. A liderança caiu nas mãos de Prost, que não mais a perdeu, conquistando um improvável bicampeonato. A festa foi tanta que só faltou ele pular do carro.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos