ARTIGO

Salve Jorge do PATROPI!

Maria Aparecida Torneros

O Brasil é nosso. Nesse nosso estão incluídos os forasteiros e refugiados, os turistas e visitantes, os sangues misturados e um componente só nosso mesmo: o calor humano único que nos confere o talento de um Jorge Benjor. Sua atuação somada a de todos os participantes da festa de encerramento das olimpíadas do Rio 2016, resume o espírito carioca de ser.

De repente todo o MARACA cantou à Capela “moro num país tropical” e as nacionalidades viraram só uma chamada BRASILIDADE.

Caía uma chuvarada. A energia era tamanha que ninguém se importava. O que rolou foi muita festa. Alegria. Deu tudo certo.

Fizemos um evento que surpreendeu a gringalhada e demonstrou a força de uma nação cujo povo é um exemplo planetário para a convivência das diferenças.

Aqui tudo caminha no compasso de um “tudo bem”. Mas não se enganem os insólitos de caráter duvidoso que imaginam manipular o povão com leis escuras e roubalheiras indecentes.

Vamos expulsar todos um a um. Queremos dar a volta e assumir nosso lugar no mundo dito civilizado.

Somos bonitos por natureza. Por dentro e por fora. A judoca RAFAELA Silva pra mim é um exemplo inigualável. E o baiano Isaquias é a cara do Brasil.
Canoando como nossos índios, ele nos orgulha.

Quanto ao Jorge, é nosso também, pertence a cada mulher brasileira. Salve ele! Eleito pra nossa Diretoria, por unanimidade. Menino de Ouro! Também quero você pra mim!

Cida Torneros é jornalista e escritora. Mora no Rio de Janeiro, onde edita o Blog da Mulher Necessária

Be Sociable, Share!

Comentários

Cida Torneros on 24 agosto, 2016 at 14:20 #

Obrigada ao Bahia em Pauta por publicar e também ao Gama Livre. O Brasil é nosso!


Cida Torneros on 24 agosto, 2016 at 18:22 #

Viva o Brasil


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos