DEU NO BLOG POR ESCRITO ( DO JORNALISTA LUIS AUGUSTO GOMES)

A Palestina acima dos Jogos Olímpicos

A “inteligência” brasileira já teve seus 15 minutos de fama – ou seriam 15 segundos? – previstos por Andy Wharol para todo ente vivente do planeta.

Agora deve repousar nos louros da vitória da prisão de “dez terroristas” e aguardar que os Jogos Olímpicos passem sem mais patacoadas, embora sempre atenta.

A questão palestina é o embrião de toda e qualquer luta envolvendo o sentimento islamita, porque é uma causa nacional, que, sem o radicalismo, teria sido resolvida na década de 90 pelos acordos de Oslo.

Em segundo plano, mas não menos importantes, vêm, nos diversos países da região, os problemas econômicos e sociais que milenarmente submetem populações à pobreza.

O Brasil tem uma história de apoio ao Estado da Palestina, e somente os adversários e agressores dessa ideia podem temer o ódio que provocam: Estados Unidos, França, Grã-Bretanha, Rússia…

Assaltos com barreiras

Os “riscos” detectados na periferia dos Jogos não trariam consequência que não tenhamos visto amiúde como “crime comum”, mas que igualmente leva vidas, praticamente todo dia, embora o público só tome conhecimento das armações telefônicas dos bandidos, pela TV, depois que elas se consumaram.

Desta vez, foi ao contrário. Grampearam muita gente, em Estados distintos do país, quando a barbárie estava ainda em fase de “planejamento”.

O mundo se curva ante o Brasil, sem atentar para o fato de que milhares de nacionais que desembarcam no Rio com o espírito esportivo no coração passarão por outro tipo de prova nas esquinas.

Be Sociable, Share!

Comentários

luiz alfredo motta fontana on 23 julho, 2016 at 14:05 #

Algo errado!

Milhares de agentes, soldados, tenentes, cabos, majores. especialistas e especializados, treinados, alimentados, sustentados por carreiras sólidas, todos no Rio.

Fica a pergunta:

Em que quartel distante e camuflado se escondiam?
O que faziam enquanto o crime e a desordem tomavam conta de nossas paisagens lúdicas?

Afinal, por qual estúpida razão, nós sustentamos essa tropa tão eficiente sem exigirmos um mínimo de trabalho e resultado no dia a dia?

Quem souber responda!

Ou são apenas simulacros para efeito olímpico?


regina on 23 julho, 2016 at 18:51 #

Parece aquelas casas onde os pratos finos ficam guardados para as visitas…
Quando vi as fotos, assim de relance, pensei que era uma invasão, e não só de turistas e atletas…
by the way, o nome do artista americano famoso é: Andy Warhol.
Obrigada!!!


Taciano Lemos de Carvalho on 23 julho, 2016 at 21:31 #

Patacoada olímpica? Não.

Olimpíadas Rio 2016, pode vir que a gente ta preparado!

Veja vídeo em: https://youtu.be/_KG19y4SSBw


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos