jul
21
Postado em 21-07-2016
Arquivado em (Artigos) por vitor em 21-07-2016 00:02

DO EL PAÍS

Joan Faus

Cleveland

A polêmica pelo episódio de plágio cometido por Melania Trump se transformou em uma novela que acaba de dar uma nova reviravolta. Meredith McIver, uma assessora até agora desconhecida, anunciou ser a responsável por algumas frases do discurso da esposa de Donald Trump – que falou na segunda-feira na convenção do Partido Republicano, em Cleveland – terem sido calcadas no pronunciamento feito há oito anos pela primeira-dama norte-americana, Michelle Obama, na convenção democrata.

McIver, que se apresentou como uma “amiga e admiradora” da família Trump, se desculpou pelos paralelismos e alegou que não foram intencionais. Ela apresentou sua demissão ao candidato republicano, que a rejeitou.

“Foi erro meu. Eu me sinto terrível pelo caos que causei a Melania e aos Trump, assim como à senhora Obama. Nenhum dano foi intencional”, afirmou McIver em um comunicado. As semelhanças entre ambos os discursos eclipsaram a maior apresentação até agora de Melania Trump, na qual tentou projetar uma imagem mais comedida que a de seu marido, e representaram um humilhante revés para a campanha do candidato republicano nas eleições presidenciais de novembro.

McIver disse que quando começou a falar com Melania Trump de seu discurso pensaram em pessoas e mensagens que a inspiraram. “Uma pessoa de quem ela sempre gostou é Michelle Obama. Por telefone, ela leu para mim, como exemplos, algumas passagens do discurso de Michelle. Eu as anotei e depois incluí algumas das frases no rascunho que acabou sendo o discurso final. Não olhei os discursos da senhora Obama”, afirma no comunicado. Com essas palavras, McIver também revela algo até agora desconhecido: a admiração de Melania Trump por Michelle Obama, a esposa de um presidente a quem o candidato republicano culpa por quase todos os males dos Estados Unidos.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos