Completa maravilha e uma arte única de interpretação.
Confira e recorde do mestre Chico Alves.

BOA TARDE!!!

(Vitor Hugo Soares)

jul
11
Posted on 11-07-2016
Filed Under (Artigos) by vitor on 11-07-2016

?
DEU NO BLOG O ANTAGONISTA

Renan desistiu de Dilma

Ricardo Noblat diz que, hoje, Renan Calheiros votaria pela cassação de Dilma.

Veremos amanhã, depois de amanhã…

Na semana passada, O Antagonista revelou o placar do impeachment, nas contas do Planalto — confira aqui.

===============================

EXCLUSIVO: A CONTAGEM DO IMPEACHMENT

O Antagonista teve acesso, com exclusividade, ao mapa do impeachment feito pelo governo de Michel Temer.

Os votos estão sendo monitorados diariamente.

O placar, neste momento, é: 60 votos pelo impeachment, 18 contrários e três realmente indecisos.

São os indecisos, de fato: Renan Calheiros, Elmano Férrer e Otto Alencar.

Temer conta com pelo menos um desses indecisos, o que levaria a contagem favorável para 61

jul
11

CHORO DE DOR E DE ALEGRIA, COMO NO FADO!!!

VIVA PORTUGAL!!! BOM COMEÇO DE SEMANA!!!

BOM DIA!!!

(Vitor Hugo Soares)

jul
11

DO DIÁRIO DE NOTÍCIAS, DE LISBOA

“O gol que veio do nada” e a “vitória da melancolia do fado”. Para os brasileiros de O Globo, Portugal resistiu à “invasão francesa”

A Marca, Espanha

“Em nome de Cristiano”

“Éder! Éder! Foi ele o herói português. Com Cristiano lesionado a chorar na maca, o protagonista mais inesperado apareceu na segunda parte do prolongamento para negar a França a glória na sua própria casa.”

La Gazzetta dello Sport, Itália

“Portugal, o Euro é teu”
“Bum, um canhão disparado de longe, para a glória. Que desilusão para França, já de olhos postos no título, depois do triunfo sobre a Alemanha. Mas não: 1-0 para os portugueses e felicitações para a melancolia do fado.”

L’Équipe, França

“A fazer lembrar 2004”

“Apesar da lesão de Ronaldo a seleção sobreviveu e conquistou o Euro, infligindo a França uma derrota cruel, no final de um encontro sempre muito fechado. Um cenário a fazer lembrar a final do Euro 2004, quando Portugal perdeu em casa contra a Grécia.”

O Globo, Brasil

“Resistência à invasão”

“Uma campanha com a cara do país, sofrida desde o início, mas com final feliz. Mesmo sem Ronaldo, fora de combate por lesão ainda no primeiro tempo, os lusos desdobraram-se na resistência à invasão francesa na final do Euro no Stade de France.”

The New York Times, EUA

“O gol vindo do nada”

“Com determinação e um notável espírito apesar de ter perdido a sua maior estrela, Portugal venceu a França e ganhou o seu primeiro troféu internacional. Éder negou aos franceses um final de sonho para o evento que durou um mês. (…) O golo de Éder apareceu vindo do nada.”

Olé, Argentina

“Do choro à alegria”

“O futebol pode contar mil histórias em apenas um jogo. Comprovou-o Ronaldo numa noite francesa que jamais esquecerá. Do desconsolo passou ao descontrole. Da pena por ter de deixar a sua equipa recompôs-se para animar os seus companheiros. Do choro à alegria.”

DEU NO BLOG POR ESCRITO (DO JORNALISTA LUIS AUGUSTO GOMES)

OPINIÃO

Um sacrilégio sem nenhuma contribuição à ciência

A velha Tabela Periódica das inesquecíveis aulas da professora Almira, no Central, vê-se agora batizando mais uma dessas operações da Polícia Federal, desta vez envolvendo fraudes em licitações da Ferrovia Norte-Sul.

Trata-se de obra iniciada na década de 80 que até hoje consumiu R$ 8 bilhões e, mesmo nos 20% de trechos em que já foi inaugurada, não teve nenhum resultado prático, qual seja, o de transportar cargas.

É, portanto, mais um empreendimento com a marca made in Brazil que país nenhum do mundo quer importar. Somente no Estado de Goiás, dos nove em que supostamente é executado, as investigações apontam o desvio, por baixo, de R$ 630 milhões.

A operação foi assim denominada por um dos próprios investigados, que, tendo feito pelo menos o ensino médio, viu semelhança da tabela com a planilha dos lotes da obra, empreiteiras e valores a serem distribuídos.

Talvez a PF não soubesse, mas a escolha do nome representa, além da aceitação da ideia de um acusado, uma tremenda agressão à memória de Mendeleiev, morto há mais de 100 anos e que se dedicou não à corrupção, mas a estudar e pesquisar em benefício da humanidade.

Sem maiores recursos tecnológicos, o cientista russo, nascido em 1834, organizou os 63 elementos químicos até então conhecidos, agrupando-os de acordo com suas propriedades, como a massa atômica, o estado físico e a composição material.

A particularidade é que antecipou, reservando-lhes os espaços, a existência de outros elementos que comporiam sua criação, os quais, se não fossem encontrados na natureza, seriam sintetizados em laboratório, como de fato ocorreu, totalizando hoje a tabela 118 quadradinhos devidamente preenchidos.

Resta-nos o consolo, enfim, de que no Brasil também é assim. Desde o início, sabe-se de tudo. Os fatos de desenrolam se repetem num quadro de absoluta previsibilidade, com a diferença que sua confirmação nada acrescenta às conquistas da ciência.

DEU NO BLOG O ANTAGONISTA

Retrato de Lula

Lula começa amanhã (hoje, 11/7) uma viagem de três dias pelo Nordeste, onde vai tentar alimentar a lenda da “guerreira traída” acerca de Dilma.

Vai passar por Juazeiro, Petrolina, Carpina e Caruaru, contando sempre com ajuda de governantes locais.

É o que lhe resta.

jul
11
Posted on 11-07-2016
Filed Under (Artigos) by vitor on 11-07-2016


Santo, no portal de humor gráfico A Charge Online

  • Arquivos