jul
09
Postado em 09-07-2016
Arquivado em (Artigos) por vitor em 09-07-2016 01:11

DEU NO BLOG POR ESCRITO ( DO JORNALISTA LUIS AUGUSTO GOMES)

Blair chora lágrimas de Cunha

Tony Blair, ex-premiê inglês. O mundo gostaria de ter contado com seu descortino, não agora, mas quando detinha o poder e, no entanto, aliou-se incondicionalmente a George W. Bush.

Pouco antes da deflagração da guerra do Iraque, na verdade uma invasão seguida de massacre, multidões superiores a um milhão de pessoas saíram às ruas nas maiores cidades do mundo em protesto contra a truculência iminente.

A ONU, tantas vezes desrespeitada, por exemplo, quanto às decisões sobre a causa palestina e as árabes de modo geral, não aprovou o ataque, fundamentado em armas de destruição em massa que jamais existiram – e eles sabiam.

Blair não viu. Se estava cego, melhor faria agora permanecendo mudo. Como líder de uma potência mundial, ele contribuiu para a sandice usurária de Bush, embora em tese um oceano de formação e princípios os separasse.crocodilos

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos