maio
22
Postado em 22-05-2016
Arquivado em (Artigos) por vitor em 22-05-2016 00:24



Clayton, no jornal O Povo (CE)

Be Sociable, Share!

Comentários

Taciano Lemos de Carvalho on 22 Maio, 2016 at 12:40 #

Melhor do que essa charge só mesmo o poema “Aposentadoria de Mané do Riachão” de Patativa do Assaré relatando a aposentadoria de alguém:

“………..
Veja moço, que novela,
Veja que grande caipora
E a pió de todas ela
O sinhô vai vê agora,
Para que me apusentasse,
Disse que também levasse
Terra de cada cratéra
Dos vulcão dos istrangêro
E o nome do vaquêro
Que amansô a Besta Fera.

Iscutei achando ruim
Com paciênça fraca
E ele oiando pra mim
Com os óio de jararaca
Disse: a coisa aqui é braba
Precisa que você saba
Que eu aqui sou o iscrivão,
Ou estas coisa apresenta,
Ou você não se apusenta,
Seu Mané do Riachão.

Veja moço, o grande horrô
Sei que vou morrê dipressa,
Bem que a cigana falou
Que eu nasci foi de trevessa,
Cheio de necessidade
Vou vivê da caridade,
Uma ismola cidadão!
Lhe peço no Santo nome,
Não dêxe morrê de fome
O Mané do Riachão.”

Uma pena não ter achado mais na internet o vídeo em que o grande poeta nordestino declamava a poesia.

Mas o texto integral pode ser visto aqui:
http://poemaeversos.blogspot.com.br/2013/07/patativa-do-assare-aposentadoria-do.html


Taciano Lemos de Carvalho on 22 Maio, 2016 at 12:43 #

Vixe!! Olha só essa parte:
E ele oiando pra mim
Com os óio de jararaca

Alguma premonição com a nossa atual jararaca? Ou com a sua cria em 2010 e 2014?


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos