DEU NO BLOG O ANTAGONISTA

“O intuito foi o de tentar beneficiar a própria esposa”

Ao suspender a posse de Carolina de Oliveira, mulher de Fernando Pimentel, o juiz Michel Curi e Silva escreveu:

“Por fim , deve ficar claro que o que me deixou plenamente convencido a, neste momento, deferir o pedido liminar foi a sucessão de e soma dos inquestionáveis fatos e acontecimentos que precederam a nomeação hostilizada pelos autores, a saber: o fato de tratar-se da mais próxima e íntima parente do Senhor Governador (sua esposa), somado aos fatos de que ela se encontra na situação de ‘alvo’ em conhecida investigação da Polícia Federal e de que as diversas ações populares asseveram que o intuito da nomeação foi o de tentar beneficiar a própria esposa, valendo-se de um mandato popular.”

Fernando Pimentel, ao nomear Carolina de Oliveira para o governo, quis obstruir a Justiça, assim como Dilma Rousseff fez ao nomear Lula ministro da Casa Civil.

Deu errado em Brasília; deu errado em Belo Horizonte.

Há juízes no Brasil.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos