DEU NO BLOG POR ESCRITO (DO JORNALISTA LUIS AUGUSTO GOMES)

No peito e na raça

Foi na cidade de Reykjavik, que teve a glória de sediar o histórico confronto Spassky x Fischer pelo campeonato mundial de xadrez de 1972, que o povo foi à porta do Parlamento pedir a cabeça do primeiro-ministro islandês, Sigmundur Gunnlaugsson.

Seu crime foi ter omitido, quando se elegeu deputado pela primeira vez, em 2009, ser sócio de uma empresa offshore criada pela mulher para gerir, vantajosamente quanto ao aspecto fiscal, sua fortuna.

Diferentemente do que ocorreu no Brasil, onde o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, agarra-se ao cargo sob toneladas de acusações semelhantes. Também diferentemente do Brasil, o partido do primeiro-ministro determinou sua renúncia.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos