DÁ-LHE, MORENGUEIRA!!!

BOM SÁBADO!

Be Sociable, Share!

Comentários

luis augusto on 2 Abril, 2016 at 9:36 #

Puxa, Vitor, essa eu não conhecia. Tou dando de fato muita risada, especialmente para o “triângulo redondo que o Nonô achou legal”.

Não sei se você sabe, aliás, a história da mãe de Nonô, que levada para conhecer Brasília, de um ponto panorâmico da cidade, meditou por certo tempo e tudo que disse foi: “Só mesmo Nonô para fazer isso”.


Taciano Lemos de Carvalho on 2 Abril, 2016 at 9:44 #

Se a mãe de Nonô voltasse hoje a Brasília nem precisaria meditar por algum tempo. E diria, com desgosto e raiva, alguma coisa mais ou menos assim:

“Só mesmo o Roriz, o Arruda, o Agnelo, ex-governadores de Brasília, e agora o Rollemberg, o atual, para desfazer quase tudo que o Nonô fez e o Oscar Niemeyer e Lúcio Costa imaginaram.


luis augusto on 2 Abril, 2016 at 10:17 #

Grande, Taciano!


luiz alfredo motta fontana on 2 Abril, 2016 at 10:22 #

O xis da questão, que desalinha o paletó e amassa o panamá, é que hoje compositores não seguem o samba, aplaudem, em uníssono louvor, o poste em plantão.

Quem Morangueira poderia gravar?


luis augusto on 2 Abril, 2016 at 10:31 #

Não vale “malandro com aparato de malandro oficial”.


Taciano Lemos de Carvalho on 2 Abril, 2016 at 11:27 #

Só que o cara lá da República de Curitiba é o verdadeiro “Rei do Gatilho”. Está no tiro da Justiça arrancando o aparato do malandro oficial. Logo o malandro estará nuzinho. Se é que já não está.


vitor on 2 Abril, 2016 at 11:28 #

Luis:

Veja que Morengueira, fantasiado de pintor e saudado pelo Ibrahim, só ganhou um duplex!!! GRANDE MOREIRA!!!


luiz alfredo motta fontana on 2 Abril, 2016 at 11:34 #

Chico, caro Luís, virou catalogo, e pensar que entoou versos como: “dizem que sou subversivo, um elemento ativo, feroz nocivo ao bem-estar comum”

https://www.youtube.com/watch?v=oOtzmG9dxKs

quem diria?

Quem te viu, quem te vê!


luiz alfredo motta fontana on 2 Abril, 2016 at 11:56 #

A verdade é que não temos mais Morangueiras ou Germanos Mathias que cantaria para Wagner , o envarandado:

Chora doutor

Composição de J. Piedade, J. Campos e Orlando Gazzaneo.

Chora doutor
Chora
Eu sei que o medo
De ficar pobre
Lhe apavora.

O senhor tem palacete
Pra morar
Mais eu tenho
Um barracão e um amor.

Ai,ai,ai,doutor
Eu só não quero
Ter a vidado senhor.
(Chora doutor)

https://www.youtube.com/watch?v=IAHnE0VHzn0


luiz alfredo motta fontana on 2 Abril, 2016 at 12:00 #

E por falar em Gemano Mathias, aqui a genial Baiano Capoeira
(Geraldo Filme, Jorge Costa)

Tem que ser agora
Vamos resolver aquele velho assunto
Não sou tatu para morrer cavando
Nem perna de porco prá virar presunto
(Vou te fazer defunto)

Vamos no esquisito
Resolver esta parada prá ver como é
Tu és malandro brigas bem no “aço”
Sou baiano capoeira e brigo bem no pé
(Só prá ver como é)

Vamos procurar um território diferente
Prá resolver esta situação
Não ponhas banca aqui no meu distrito
Prá eu não invadir tua jurisdição

Não acredito em homem valente
Pois o meu nome ainda não morreu
Cante de galo lá no teu terreiro
Porque aqui no morro quem canta sou eu
(Vacilou, morreu !)

https://www.youtube.com/watch?v=ewKfAqr96Ko


luiz alfredo motta fontana on 2 Abril, 2016 at 12:13 #

Por outro lado, o Baile da Ilha fiscal, com os toscos personagens de hoje, vide a “fineza” do novo ministro da justiça, teria sua versão no Baile do Risca-Faca de Jorge Costa também na interpretação de Germano Mathias:

Baile do Risca-faca

Germano Mathias
Compositor: Jorge Costa

No domingo eu fui
No baile do risca-faca
Onde o traje a rigor
Era tamanco, cartola e casaca
(Vejam só que urucubaca)

Eu vi uma orquestra
O maestro era um tal de Sarrafo
Que tocava um samba-canção
E a moçada dançava baião
(Ai meu Deus, que confusão)

Vi um sujeito
Com três metros de altura
Isso não é tamanho de uma criatura
Nem de um fantasma também

Era o Nego Testa
Que na base do desespero
Gritava: “Cinquenta cruzeiros
Custa uma faca prá depois da festa”

Li um aviso
Que explicava muito bem:
“Podem brigar à vontade
Porque aqui a polícia não vem”
(Todo mundo é gente-bem)

https://www.youtube.com/watch?v=t-BRgrpXrTo


luis augusto on 2 Abril, 2016 at 13:24 #

Valeu para ilustração geral. Conheci mais letras “do” Moreira. Abraços generalizados.


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos