DEU NO BLOG O ANTAGONISTA

O juiz que quer legislar

Estadão:

“Em uma minuta divulgada por engano pela assessoria de imprensa do Supremo Tribunal Federal (STF) no início da noite desta sexta-feira, 1º, o ministro Marco Aurélio Mello determina que o presidente da Câmara, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), aceite o pedido de impeachment contra o vice-presidente, Michel Temer.”

Um ministro do Supremo agora pode “determinar” o que a Câmara deve ou não aceitar?

Só na caixola de Marco Aurélio Mello.

Ele também disse que, no caso de Dilma Roussef sofrer impeachment, a petista poderá recorrer ao STF.

Só na caixola de Marco Aurélio Mello.

A menos que todos tenham perdido de vez o juízo — ou a vergonha.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos