mar
08
Postado em 08-03-2016
Arquivado em (Artigos) por vitor em 08-03-2016 12:40

DEU NO G1/O GLOBO

A Justiça Federal condenou nesta terça-feira (8) o empresário Marcelo Odebrecht a 19 anos e quatro meses de prisão por crimes envolvendo o esquema de corrupção descoberto na Petrobras pela Operação Lava Jato. O dono da maior empreiteira do país foi condenado pelos crimes de corrupção ativa, lavagem de dinheiro e associação criminosa. Esta é a primeira condenação de Marcelo Odebrecht.

Os executivos Márcio Faria da Silva, Rogério Santos de Araújo, Cesar Ramos Rocha e Alexandrino de Salles Ramos de Alencar, bem como os ex-diretores da estatal Renato Duque, Pedro José Barusco Filho, Paulo Roberto Costa também foram condenados na mesma ação penal.

Também foi considerado culpado o doleiro Alberto Youssef. No entanto, como ele tem outras condenações, o juiz deixa de aplicar as penas devido ao acordo de delação premiada, que prevê, no máximo, 15 anos de prisão.

Marcelo Odebrecht e outros executivos da empresa foram presos em junho de 2015 em meio à 14ª fase da Lava Jato. Conforme a denúncia apresentada pelo Ministério Público Federal (MPF), a Odebrecht, ao lado de outras empreiteiras brasileiras, fraudaram licitações da Petrobras para a contratação de grandes obras como as da Repar, RNEST e Comperj.

Be Sociable, Share!

Comentários

Vanderlei on 8 Março, 2016 at 13:04 #

Abre a boca Marcelo Odebrecht!


Taciano Lemos de Carvalho on 8 Março, 2016 at 13:34 #

Só 19 anos? Que injustiça!!


Jader martins on 8 Março, 2016 at 13:41 #

Vamos todos para rua no dia 13 de Março ( o Aécio está convocando ) no combate a corrupção.!!!!
https://www.youtube.com/watch?v=ErD6taj1Kd4
Esqueceram de falar das merendas em São Paulo e de outras cositas mas.


Taciano Lemos de Carvalho on 8 Março, 2016 at 13:46 #

Cadeia pra os dois grupos


Jader martins on 8 Março, 2016 at 14:32 #

Segundo o Moro , Taciano , o outro grupo( vide a lista de Furnas e as 3 denuncias contra o Aecio) “não importa “.


Taciano Lemos de Carvalho on 8 Março, 2016 at 15:17 #

Nas mãos dele está o Petrolão. Apesar de eu achar que ele pega leve. Só 19 anos pro Marcelo, uns 15 pro Vacca. É pegar leve demais.

Mas que outros escândalos deveriam resultar em pesadas condenações, deveria. Inclusive a do mensalão tucano de Minas, o merendão, o tremsalão, a ,Ferrovião (Norte-Sul), a Fiolão (Ferrovia Integração Oeste Leste). E claro o monumental escândalo do Carfão (Carf). E a indecente venda/compra de Medidas Provisórias.

Pronto! O mundo acabou!


Jader martins on 8 Março, 2016 at 17:07 #

“Nas mãos dele está o Petrolão”. O Moro está fazendo escola com o “não importa”: Delcidio ( era PSDB na epoca), diretor da petrobras na época de FHC , com Cerveró e tudo , mas isto não importa!!!!


Taciano Lemos de Carvalho on 8 Março, 2016 at 17:57 #

Caro Vitor: extrapolei, acho, o tamanho do texto. Se houver problema, pode exclui-lo.
Taciano

Mas Delcídio, líder do governo Dilma, tem foro privilegiado. Se for mesmo cabra bom do Pantanal, que renuncie ao mandato de senador e fique sem esse imoral foro privilegiado para ver o que é bom pra tosse. Uns 20 anos de cadeia talvez. No mínimo.

Por que essa agonia para afastar da imagem do governo esse amargo cálice chamado Delcídio. Diretor da Petrobras no governo entreguista de FHC; líder do governo petista. Um governo também entreguista. Haja vista os leilões de bacias de petróleo, processos que, antes de assumir o Ministério das Minas e Energia, Dilma criticava, com toda a razão, violentamente.

Após assumir o cargo, passou imediatamente a defender os leilões e cerca de seis meses depois realizou o sexto leilão. E foi até o décimo. Entreguismo antes. Entreguismo depois. Agora, em tabelinha com José Serra, entrega o Pré-Sal. Iguais.

O pantaneiro Decídio –que me desculpem os meus amigos do Pantanal –-¬é uma prova do quanto são iguais os métodos dos governos tucanos e petistas. Ou alguém vai querer convencer que são morais, éticas, as privatarias de ontem e de hoje? A mistura nojenta entre o público e o privado que vimos também no período imediatamente anterior ao período atual?

Em novembro, dezembro e janeiro de 2003 houve apelos para que Lula, que estava assumindo a Presidência, vetasse lei que acabou resultando que mais de 60 por cento das ações preferenciais da nossa petroleira caíssem em mãos de fundos e de cidadãos americanos. Ele, Lula, mesmo alertado, deixou passar, não vetando. Um ato de entreguismo, sim.

Quanto a Delcídio, Cerveró, Duque, são três nomes de peso que o PT fez questão de comprar os seus passes.

Essa turma de antes sabia o caminho das pedras. Ou dos acarajés.


Taciano Lemos de Carvalho on 8 Março, 2016 at 19:00 #

Acabei de falar aí em cima, lá vem mais entreguismo:

“Governo planeja leilão de áreas do pré-sal em 2017”


Taciano Lemos de Carvalho on 8 Março, 2016 at 22:48 #

Correção: “Em novembro e dezembro de 2002 e janeiro de 2003…”


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos