DO BLOG POR ESCRITO (DO JORNALISTA LUIS AUGUSTO GOMES)d

De líder, Salvador vira lanterna do Carnaval de rua

A cobertura ampla pelas redes de televisão do Carnaval de rua nas grandes capitais mostrou ao Brasil um crescimento expressivo da festa, em participação popular e variedade de manifestações.

Grupos maiores ou menores, acompanhados de todo tipo de instrumental e fantasiados até o ponto em que a criatividade permite, foram vistos em ruas, avenida e praças em saudáveis brincadeiras, no inconfundível espírito de Momo.

É um fenômeno muito semelhante ao que Salvador exibia até o início da década de 80, quando a folia nascia do bairro, do clube e mesmo de amigos ou colegas que se vestiam de forma semelhante e saíam “sem destino”.

Com a industrialização dos blocos e o posterior surgimento dos camarotes – a privatização das vias públicas –, houve crescente elitização, mandando para a periferia do lazer a grande massa, que não dispunha dos mesmos recursos da minoria privilegiada.

Governo e Prefeitura, certamente tocados mais por motivação política que cultural, tentam, a custa de muito dinheiro, ressuscitar o folião-pipoca, aquele que, no passado, tinha sua oportunidade anual de ocupar o centro da cidade, do qual estava geográfica e socialmente distante.

Trata-se, entretanto, de uma iniciativa, digamos, artificial. A forma de fazer Carnaval no passado é o modelo original de tudo quanto se produziu depois, e não deveria ter sido abandonada.

Depois que o folião-pipoca foi expulso ou segregado pelas forças do mercado, estabeleceu-se um vácuo de espontaneidade que não será preenchido num passe de mágica.

Uma esperança para a mocidade soteropolitana

Com o cantor Igor Kannário, o prefeito ACM Neto mostrou, definitivamente, seu talento para a recuperação da juventude.

De antigo artista marginal que defendia a violência, o uso de drogas e, afinal, a luta de classes, Kannário transformou-se em pacifista, ameaçando, do alto do trio, entregar os brigões à polícia.

Queira Deus o prefeito consiga imprimir essa técnica na rede municipal de ensino e possa contribuir para a salvação da imensa garotada que está chegando.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • Fevereiro 2016
    S T Q Q S S D
    « jan   mar »
    1234567
    891011121314
    15161718192021
    22232425262728
    29