fev
09
Postado em 09-02-2016
Arquivado em (Artigos) por vitor em 09-02-2016 16:37

DA TRIBUNA DA BAHIA

Aos poucos a praça principal da cidade ganhou cores. Fantasias e máscaras se multiplicaram. Pierrôs, colombinas, bailarinas. Do mundo animal surgiram onças, tigresas, borboletas. Grupos de amigos, famílias inteiras se preparam durante meses para manter a tradição secular inspirada no carnaval de Veneza, na Itália.

Assim se apresenta o Carnaval de Maragojipe, manifestação reconhecida pelo Instituto do Patrimônio Artístico Cultural do Estado (IPAC), unidade da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA), no ano de 2009, como Patrimônio Imaterial da Bahia.

Em 2016, realizando uma programação com o tema O Carnaval de Máscaras da Bahia, a cidade se torna um verdadeiro baile de máscaras a céu aberto, divertindo diversos foliões que chegam de todas as partes do Brasil e do exterior.


Branca de Neve demoníaca

Depois de muita conversa, sete amigas decidiram inovar e deram à fantasia de Branca de Neve um ar demoníaco. Vieram com máscaras chifrudas. Logo chamaram a atenção dos turistas como Andrea dos Santos, de Santo Antônio de Jesus, que empolgada com a novidade fez logo uma selfie e declarou: “ Venho há três anos, gosto muito. Esse ano está ainda melhor”, analisou.

No palco montado no centro da praça, o desfile de fantasias atraiu olhares. O local também foi escolhido para receber o secretário de Cultura do Estado da Bahia, Jorge Portugal, que, ao lado da prefeita de Maragojipe, Vera Lucia dos Santos, falou sobre a importância do evento. “Parabenizo essa cidade por manter essa tradição. Podemos ir até a máxima tecnologia com os trios e retornar ao passado com o carnaval de Veneza, com o Carnaval de Maragojipe”, afirmou Portugal.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • Fevereiro 2016
    S T Q Q S S D
    « jan   mar »
    1234567
    891011121314
    15161718192021
    22232425262728
    29