Bonito demais! Confira.

BOA TARDE!!!

(Vitor Hugo Soares)

DEU NO BLOG O ANTAGONISTA

“No script deles, serão sempre os mocinhos”

É sempre um prazer ler as colunas de Fernando Gabeira. Na desta semana, ele mostra como é impossível ter um diálogo racional com os populistas de esquerda.

Leiam um trecho:

“O colapso, a ruína, a decadência, nada disso importa aos populistas de esquerda. Apenas ressaltam suas boas intenções e a maldade dos críticos burgueses, da grande mídia, enfim, de qualquer desses espaços onde acham que o diabo mora. O Lula tornou-se o símbolo desse pensamento. Na semana em que se suspeita de tudo dele, do tríplex à compra de caças, do petrolão às emendas vendidas, chegou à conclusão de que não existe alma viva mais honesta do que ele.

Aqueles que acreditam num diálogo racional com o populismo de esquerda deveriam repensar seu propósito. Negar a discussão racional pode ser um sintoma de intolerância. Existe uma linha clara entre ser tolerante e gostar de perder tempo. O mesmo mecanismo que leva Lula a se proclamar santo é o que move a engrenagem política ideológica do PT. Quando a maré internacional permitiu o voo da galinha, eles se achavam mestres do crescimento. Hoje, com a maré baixa, consideram-se os mártires da intolerância conservadora. Simplesmente não adianta discutir. No script deles, serão sempre os mocinhos, nem que tenham de atacar a própria Operação Lava Jato.”

DEU NO BLOG POR ESCRITO (DO JORNALISTA LUIS AUGUSTO GOMES)

Tese de Pinheiro no PDT cai em 24 horas

É da natureza da atividade política que o candidato a um cargo qualquer afirme que não o é, mesmo que, nos bastidores, trabalhe freneticamente pela indicação.

No caso do senador Walter Pinheiro, esse princípio não se aplica na atualidade, porque ele não, simplesmente, “desmentiu” a intenção de disputar a Prefeitura de Salvador ao ser indagado pela imprensa, meses atrás, quando foi incluído numa relação oficial do PT.

Bem ao contrário, deu uma declaração pública desautorizando a indicação do seu nome pelo partido, e mais ainda: revelou que comunicou essa indisposição à própria diredção partidária.

O noticiário em torno do senador, no entanto, vem, há muito tempo, levantando as mais esquisitas teses que o levariam a enfrentar, em outubro, o prefeito ACM Neto.

A mais recente é de que ele se filiaria ao PDT, que passaria a comandar na Bahia, movimentação cujo mérito principal seria tirar a ex-legenda brizolista da órbita do prefeito, que conta lá com o fiel escudeiro deputado Félix Mendonça Júnior.

Pela inconsistência, a versão não durou 24 horas, pois, ao invés do enfraquecimento dos vínculos, o que se deu foi seu reforço, consubstanciado pela nomeação do ex-deputado Severiano Alves para uma importante secretaria municipal.

Patrimônio não se joga fora

Se a construção é fantasiosa perante a política que vem empreendendo o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, que preferiu Félix Jr. ao deputado Marcelo Nilo e sua bancada de parlamentares e prefeitos, tão inverossímil aparenta quanto ao senador.

Pinheiro tem um patrimônio político consolidado em seis mandatos – de vereador, deputado federal e senador – e uma aura de respeitabilidade incomum entre os grandes nomes petistas.

A esta altura de sua trajetória, mudar-se, de repente, ainda que “a pedido” do governador Rui Costa, seria um passo no escuro, que poderia torná-lo joguete em mãos de terceiros e, por cima, minar todo o prestígio que conserva internamente em seu partido.


BOM DIA!!!


DEU NO BLOG O ANTAGONISTA

E o triplex, vai vender?

O Globo noticia que foi homologado na Justiça de São Paulo o Plano de Recuperação da OAS:

“Essa homologação é o respaldo jurídico que a empresa precisava para implementar o plano de reestruturação e dar início ao pagamento de suas dívidas com credores e fornecedores. Além disso, agora, a OAS está autorizada a vender os ativos que lastreiam a recuperação judicial, com a realização de leilões ou de vendas diretas. O valor da dívida reestruturada é da ordem de R$ 8 bilhões. O prazo de pagamento é de 25 anos.”

A OAS vai vender o triplex de Lula?

jan
29
Posted on 29-01-2016
Filed Under (Artigos) by vitor on 29-01-2016


Pelicano, hoje, no jornal O DIA (RJ)

jan
29
Posted on 29-01-2016
Filed Under (Artigos) by vitor on 29-01-2016


Dilma na reunião do Conselhão. Andressa Anholete AFP

DO EL PAIS

Em meio aos desdobramentos da Operação Lava Jato, uma das grandes mudanças do encontro do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social, criado em 2003 no Governo Lula e reativado nesta quinta-feira em Brasília após hiato desde 2014, foi a exclusão de diretores das empreiteiras, mas a presença do sindicato do setor. Entre os nomes que deixaram o grupo, estão os empresários Marcelo Odebrecht e José Carlos Bumlai, presos pela Polícia Federal no âmbito da Lava Jato.

Segundo o Governo Dilma, 70% foi a taxa de renovação dos integrantes do Conselhão. Inicialmente com 90, o órgão tem mais dois membros da sociedade civil: a ex-jogadora de vôlei Ana Moser, presidente da ONG Atletas pelo Brasil, e o primeiro professor universitário indígena do país, Eliel Benites, guarani-kaiowá. Serão 27 integrantes da sociedade civil, 20 representantes dos trabalhadores e 45 empresários.

Pela primeira vez, o Conselhão contou com a participação de uma representante das empregadas domésticas, a presidenta da Federação Nacional das Trabalhadoras Domésticas (Fenatrad), Creuza Oliveira. Também foi convidado a participar da reunião o ator Wagner Moura, que atraiu holofotes recentemente interpretando o traficante Pablo Escobar, na série Narcos. O ator, no entanto, não compareceu ao Planalto nesta quinta, pois estava gravando a segunda temporada da série.

Representantes empresariais

Além deles, estão entre os conselheiros Robson Andrade (CNI), Cláudia Sender (TAM), Frederido Fleury (Embraer), Miguel Nicolelis (neurocientista), Roberto Setúbal (Itaú), Viviane Senna (Instituto Ayrton Senna), Luiz Carlos Trabuco (Bradesco) e Abílio Diniz (BRF).

Entre os integrantes que já participaram do Conselhão, continuaram no grupo nomes de peso do setor empresarial: os presidentes da AmBev, Jorge Paulo Lemann, do grupo Votorantim, José Erminio de Moraes, da Embraer, Frederico Curado, da CSN, Benjamin Steinbruch, da Magazine Luia, Luíza Trajano, e da Vale, Murilo Ferreira.

  • Arquivos

  • Janeiro 2016
    S T Q Q S S D
    « dez   fev »
     123
    45678910
    11121314151617
    18192021222324
    25262728293031