Mensagem postada no Facebook pelo jornalista e amigo do BP, Antonio Jorge Moura, ontem (24) , por volta do meio dia, quando este editor do BP acabava de chegar em casa de volta da cerimônia de cremação do corpo do poeta e ficcionista João Justiniano da Fonseca, no cemitério temporal que caiu no sábado em Salvador.E algumas mensagens que se seguiram durante o dia, até a manhã deste domingo do jornalista referencial dos anos 70/80 na Bahia. (Vitor Hugo Soares)
==============================
Antonio Jorge Moura

“Morreu Otacílio Fonseca, exemplo de profissional digno do Jornalismo. Isso mesmo, com letra maiúscula. Bom amigo dentro da categoria, bom colega e um daqueles profissionais que sobreviveu da renda de seu trabalho. Não acumulou valores, acumulou valor humano e profissional. Algo exemplar para nossa geração. Empobreceu como empobrecem todos aposentados que vivem exclusivamente do vencimento da Previdência Social e não tiram renda de investimentos bancários embora tenha trabalhado em um deles. Otacílio e suas feijoadas memoráveis deixaram história. Agora tem lugar cativo na eternidade onde ficam os de bom coração!

——————–
Vitor Hugo Soares

Triste e dolorosa notícia para o jornalismo da Bahia e do País. (Otacílio Fonseca) Foi a minha primeira grande referência profissional quando comecei a trabalhar na redação de A Tarde (com janelas abertas para a Praça Castro Alves e para o mar da Baia de Todos os Santos, e ele editava a página de Polícia do mais importante jornal do Nordeste na época.

Ficamos amigos e atravessamos juntos e em convívio intenso (na redação, nos bares, na política ,nas ruas, nos encontros memoráveis que ele promovia em sua casa na Cidade Baixa) uma das fases mais importantes do jornalismo baiano (como conteúdo) e das relações humanas e afetivas, áreas em que Otacílio era imbatível. A notícia doi mais, porque acabo de retornar do Jardim da Saudade, do enterro do poeta e ficcionista João Justiniano da Fonseca , figura singular de amigo, parente e intelectual, da qual a Bahia digna e inteligente também sentirá muita falta.

=============================

Antonio Moreno Tive a feliz oportunidade de trabalhar com Otacílio no Banco Econômico.Além do aprendizado jornalístico, pude conviver com um ser humano de profunda sensibilidade. Sabedoria pura!

——————————————————-
Luiz Faustino

Tô junto com os que lamentam a perda e se solidarizam com a família. Todas as referências são verdadeiras e até poucas para o calibre do profissional que conheci pouco – no Cacique (bar , restaurante e ponto de referência de jornalistas, boêmios e intelectuais dos anos 70 na Praça Castro Alves) dos velhos tempos – e admirei.

Josefa Teixeira Ribeiro Silva

Trabalhei ao lado dele (A Tarde) e em um pequeno Jornal que ele mantinha, com sede no Comércio. Anos 70.Profissional, na melhor acepção da palavra. Agora estava sempre a me perguntar onde ele andaria…E Antonio Jorge me respondeu com a notícia de sua morte…descanse em paz Mestre.
———————————————-

Marcia Oliveira

Jaci Fonseca, aí está um pequeno conforto para sua família. Todos que conheceram Sr. Otacílio sabem do ótimo profissional e ser humano iluminado. Para vocês meu carinho, meu respeito e meus sentimentos por tão grande perda.
Curtir · Responder · 2 · 23 h · Editado
—————————————
Jose Jesus Barreto

Boas lembranças, bom profissional e companheiro. Lamentamos.
——————-
Ligia Aguiar

Luz!!!

=======================

Olívia Soares

Grande Otacílio! O enterro será no domingo, às 11 horas, no cemitério Bosque da Paz.

—————————–
Adeus, Tatá!!!

(Vitor Hugo)

Be Sociable, Share!

Comentários

josé valverde on 24 Janeiro, 2016 at 17:31 #

Não tive a sorte da convivência profissional com Otacílio, nunca estivemos na mesma redação, mas sou avalista do grande ser humano e profissional do jornalismo que esteve entre nós.


josé valverde on 24 Janeiro, 2016 at 17:38 #

Não tive a sorte da convivência profissional com Otacílio, nunca estivemos na mesma redação, mas sou avalista do grande ser humano e profissional do jornalismo que esteve entre nós. A seu espírito não faltará luz e paz para prosseguir na jornada //


josé valverde on 24 Janeiro, 2016 at 17:40 #

Não tive a sorte da convivência profissional com Otacílio, nunca estivemos na mesma redação, mas sou avalista do grande ser humano e profissional do jornalismo que esteve entre nós. A seu espírito não faltarão luz e paz para prosseguir na sua jornada //


Gilson Nogueira on 24 Janeiro, 2016 at 18:07 #

“Grande Otacílio!!!”. Assim, com profunda admiração, saudava o grande Otacílio,sempre que o via. E continuo, como todos os que tiveram o privilégio de sua presença, festejando o colega exemplar. E amigo. De Braços Abertos, O Mestre O Recebeu!


Marcos de Abreu on 24 Janeiro, 2016 at 21:41 #

Octacílio Fonseca deixou uma grande e numerosa família. Todos especiais. Ele foi muito, muito amado.


Paulo Fonseca on 25 Janeiro, 2016 at 16:14 #

Octacilio Fonseca foi uma pessoa brilahnte. Quem conhece a trajetória de minha família, sabe o quanto ele se valeu do seu talento e inteligencia. Para mim, além de Tio, um grande amigo e referencia, no pensamento do jornalismo brasileiro! Muita saudades! que grande vida e quanta alegria nos deu! salve , salve Octacílio! grande baiano!

Paulo Fonseca – Arquiteto e urbanista


Chico Bruno on 26 Janeiro, 2016 at 9:20 #

Um dos primeiros jornalistas que conheci quando cheguei a Bahia em 1975, trazido pelo saudoso Juracy Costa, foi Otacílio. Uma pessoa afável, mansa e profissional brilhante. As vezes nos encontrávamos nos almoços no Rui. Mais um dos nossos que segue para o infinito.


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • Janeiro 2016
    S T Q Q S S D
    « dez   fev »
     123
    45678910
    11121314151617
    18192021222324
    25262728293031