DEU NO BLOG O ANTAGONISTA

Kakay diz que Lava Jato criminaliza riqueza

Kakay deu uma entrevista por telefone à BBC Brasil, “sentado num banco à beira do rio Sena, em Paris”.
Ele acusou a Lava Jato de criminalizar a riqueza:
“Qual é o sentido de manter o Marcelo Odebrecht preso por tanto tempo? Estes empresários são pessoas que sustentaram o Brasil, fizeram a riqueza do país e têm relações com políticos de todos os partidos importantes, sem exceção. Tornar essa relação crime é o atraso do atraso”.
E atacou Sergio Moro e Rodrigo Janot:
“As pessoas estão se dando muita importância. Esses juízes que pensam que são deuses, esses procuradores que pensam que são semideuses”.
Coitado do rio Sena.

Be Sociable, Share!

Comentários

luis augusto on 13 Janeiro, 2016 at 12:40 #

Um ataque desses de um advogado de defesa mostra que a situação dos presos e acusados não tem saída.


Mariana Soares on 13 Janeiro, 2016 at 12:53 #

Além disso, Luis, mostra o desprezo que essa gente tem pela lei.
Se oferecem emprego e participam de alguma maneira para o “desenvolvimento” do país, vale tudo, ou seja, não tem importância alguma se corromperam, infringiram a lei, roubaram…
É o fim da picada a gente ter que aguentar uma coisa dessa…um advogado que prega o “vale tudo” devia também está atrás das grades!!!
Me dá asco este tal de Kakai, que ainda por cima é endeusado pela mídia e milionários de plantão.


Taciano Lemos de Carvalho on 13 Janeiro, 2016 at 12:58 #

Estes empresários são pessoas que sustentaram o Brasil? Foram eles que sustentaram, é? Inventa outra, KayKay!

Se acham deuses, o Sérgio Moro e Rodrigo Janot? Os empresários envolvidos na Lava-Jato não se acham deuses. Eles têm certeza que são. E alguns advogados também.


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • Janeiro 2016
    S T Q Q S S D
    « dez   fev »
     123
    45678910
    11121314151617
    18192021222324
    25262728293031