dez
31
Postado em 31-12-2015
Arquivado em (Artigos) por vitor em 31-12-2015 00:13

DEU NO BLOG POR ESCRITO (DO JORNALISTA LUIS AUGUSTO GOMES)

OPINIÃO

Talvez a Copa seja nos Jogos

Dava-se como certo, dois anos atrás, que os brasileiros fariam nas ruas, durante a Copa do Mundo, fortes protestos para demonstrar a insatisfação com as dificuldades do dia a dia – na educação, na saúde, no emprego, na mobilidade urbana, entre outros setores.

Seria um desdobramento natural das manifestações populares de junho de 2013. O conceito “não vai ter Copa” cruzou o país, mas. afinal, durante a competição prevaleceu o espírito acolhedor e caloroso do povo, e o que houve nas grandes cidades foi confraternização e festa com os visitantes estrangeiros.

O quadro atual do Rio não é de cidade que vá acolher milhares de atletas, dirigentes, jornalistas e, sobretudo, turistas de todo o mundo. Não bastassem o risco perene de violência e a vergonhosa poluição de águas onde se disputarão esportes náuticos, calcule-se uma epidemia, de qualquer doença, sem médicos, remédios e leitos. Estejamos prevenidos para qualquer desgraça.

Retrospectiva 2014

Hora de relembrar Ronaldo Nazário: “Não se faz Copa do Mundo com hospitais”.

Be Sociable, Share!

Comentários

Taciano Lemos de Carvalho on 31 dezembro, 2015 at 8:33 #

De uma coisa eu tenho certeza. Não se faz uma nação com Ronaldos Nazários. E nem com copas da corrupção e olimpíadas dos despejos. E dejetos.


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • dezembro 2015
    S T Q Q S S D
    « nov   jan »
     123456
    78910111213
    14151617181920
    21222324252627
    28293031