11 de Setembro e uma canção de tolerância

Maria Aparecida Torneros

Quem nunca sonhou com a Paz mundial? Um planeta onde a tolerância deixasse de ser um sonho e se tornasse uma realidade possivel.
Milhares de séculos entre guerras e discriminações que os humanos repetem nas raias do absurdo.

Há 14 anos (no 11 de setembro) aconteciam os atentados em New York. Tragédia não menos pior do que as bombas atômicas ou as muitas guerras que seguem acontecendo por motivos vários .

Intolerância religiosa e sede de conquista. O poder como força motriz no caminho dos seres humanos. Migrantes fugindo das misérias e ao atravessarem mares, se afogarem e serem maltratados, quem somos nós na história ?

Chegamos ao século XXl e ainda não apreendemos o básico : amor pelos nossos semelhantes a começar pelos vizinhos.

Se as Torres gêmeas foram derrubadas , pessoas de 64 nacionalidades diferentes sucumbiram naquela fatídica manhã na sede do poder capitalista. Também eram migrantes em busca do Ouro. Mas não tinham culpa de estarem atrelados e aculturados a um sistema perverso e selvagem onde o Deus Dinheiro parece superar a Deusa Natureza.

Nos quintais dos vizinhos podem florir tolerância ou solidariedade. Perdão e desapego. Talvez possa surgir um novo Planeta. Ou uma espécie que se auto reavalie.

De qualquer modo há que execrar atentados e radicalismos.
Sorrir para o vizinho é o primeiro passo.

Daí lembrar esta canção do Rei.
Ela segue sendo atual e traz mensagem linda!

Cida Torneros é jornalista e escritora, mora no Rio de Janeiro, onde edita o Blog da Mulher Necessária.

Be Sociable, Share!

Comentários

Cida Torneros on 13 setembro, 2015 at 21:00 #

Paz e Amor! Flower Power! Yes, we can!


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • setembro 2015
    S T Q Q S S D
    « ago   out »
     123456
    78910111213
    14151617181920
    21222324252627
    282930