jul
27
Postado em 27-07-2015
Arquivado em (Artigos) por vitor em 27-07-2015 01:27

Mistificação tem limite

OPINIÃO

Que o ex-presidente Lula engane “a nova classe média” com falsa indignação, dizendo-se “cansado de agressões à primeira mulher que governa esse (sic) país”, compreende-se, pois isso faz parte do ânimo demagógico que o levou a nomear “o primeiro negro” para ministro do STF.

Resta saber como reagirão, ainda que intimamente, os verdadeiros esquerdistas ante a referência à “perseguição que tentam fazer às esquerdas nesse (sic) país”.

Será que tais militantes, que um dia foram representados, entre tantos outros, por Carlos Marighella, Luís Carlos Prestes, Apolônio de Carvalho, Mário Alves, Armênio Guedes, Giocondo Dias e Pedro Pomar, se sentem representados por Lula?

Chega de alegações de “conquistas sociais que incomodam a elite perversa”, basta de denúncias de “clima de ódio e intolerância que se estabelece nesse (sic) país”, fora com comparações com “nazistas criminalizando o povo judeu” e “romanos criminalizando o povo cristão”.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos