jul
24


BOA TARDE!!!

DEU NO ANTAGONISTA

Esse Aroldo Cedraz é como aquele personagem do Chico Anísio, o Justo Veríssimo.

Hoje, a Veja.com noticiou que ele nomeou para chefiar a secretaria da Corte de Contas, que cuida do setor elétrico no tribunal, um jovenzinho chamado Daniel Maia, concunhado do seu filho, o indefectível Tiago Cedraz..

.

DEU NO BLOG POR ESCRITO (DO JORNALISTA LUIS AUGUSTO GOMES)

Etapas e métodos de influência da Odebrecht

Reage em nota a Odebrecht a mais um documento revelado pelas investigações da Operação Lava-Jato: e-mail do presidente Marcelo Odebrecht, ora preso, expondo, em 2011, um plano para elevar preços de um contrato já assinado com a Petrobras para construção de navios-sonda.

No texto, a importância de “saber quem é que decide este assunto e a estratégia para influenciá-lo” e a perspectiva de uma abordagem escalonada: o então diretor Guilherme Estrela, depois, o ministro Aloizio Mercadante e, por último, o então presidente José Sérgio Gabrielli.

Mas o relatório da Polícia Federal representa, para a empresa, “um desserviço à sociedade”, pois “confunde a opinião pública” ao lançar mão de “suposições” em vez de “fatos concretos”.

Ninguém, portanto, está autorizado a inferir nada, mas vale frisar esta frase de Marcelo Odebrecht: “No que tange a influenciar, temos vários caminhos”.

Inocentes avaliações de agentes públicos

É também de se destacar que o empresário estabelecia claras diferenças entre as três pessoas que citou.

Recomendou “cuidado com a reação” de Estrela, disse que a Mercadante pediria “um reforço”, mas foi Gabrielli quem ficou bem na fita:

“Por fim tem o próprio Gabrielli como última tentativa, que poderia fazer. Ele não gosta da gente (Suzano, Quattor, sondas), mas a tese é boa e talvez quem sabe?” – torceu.

De fama internacional

É preciso dizer ao Panamá, Suíça, Estados Unidos, Equador e outros países que a Odebrecht “é uma grande empresa de alta tecnologia que oferece 200 mil empregos”, senão eles vão partir pra cima.

E aos editorialistas de plantão que continuam arguindo a baianidade para lançar-se temerariamente na defesa da empresa, declare-se apenas que a Bahia foi envergonhada em várias partes do mundo.

Uma das mais belas e pungentes composições da genial peruana CHABUCA GRANDA, a grande da América ( La Flor de la Canela, Fina Estampa), dentre tantas maravilhas musicais e poéticas). Esta canção pertence ao chamado ciclo motivado pelo suicídio da chilena Violeta Parra. Composta no ano de 1973, no México.Maravilha, letra e música. Confira.

BOM DIA!!!

(Vitor Hugo Soares)

DEU NO SITE BAHIA 247

A publicação do jornal britânico Financial Times nesta quinta-feira (23) que compara o Brasil a “um filme de terror sem fim” é vista com descrédito pelo ministro da Defesa, Jaques Wagner.

“Esse jornal nunca olhou para o Brasil com bons olhos. A adjetivação deles eu prefiro que eles guardem com eles. Nós estamos num filme de superação e, como todo filme de superação, é um filme de dificuldade”, disse o ex-governador da Bahia.

Ele se referiu ao período em que 40 milhões de pessoas entraram na classe média entre os governos de Lula e da presidente Dilma Rousseff.

“A linha condutora de uma nação não é horizontal, ela tem altos de baixos. Já tivemos momentos melhores, agora estamos num momento de dificuldade. Vamos superar como superamos e vamos chegar lá. Quem sabe o Financial resolve dizer que foi um conto de fadas”, afirmou Jaques Wagner em conversa com jornalistas após visitar um navio de pesquisa hidroceanográfico no Rio de Janeiro.

jul
24
Posted on 24-07-2015
Filed Under (Artigos) by vitor on 24-07-2015


Sid, no portal de humor gráfico A Charge Online


Maestro Ricardo Castro e Neojiba Tournê Europa 2011

Com o rápido crescimento para sete núcleos e mais de 22 projetos que atendem 4,5 mil crianças e jovens carentes na Bahia, a Organização Social NEOJIBA encontra em uma solução em tecnologia digital moderna, ágil e eficiente – o FileMaker – a chave do sucesso para integrar departamentos, aprimorar o fluxo operacional e aposentar de vez planilhas e documentos que entulhavam computadores

Em 2007 nascia na Bahia um programa-escola para integração social de jovens carentes através da música. Batizado de NEOJIBA (Núcleos Estaduais de Orquestras Juvenis e Infantis da Bahia), a Organização Social foi idealizada pelo maestro Ricardo Castro e é hoje um sucesso reconhecido internacionalmente que atende 4,5 mil crianças e jovens no Estado.

“Uma boa história é a da ex-aluna Mirian Santos”, conta Ricardo. “Ela saiu do Vale das Pedrinhas, uma comunidade muito pobre de Salvador, e depois de integrar nossa orquestra foi fazer um estágio de música na Europa e hoje estuda Engenharia e mora na Noruega”.

Mas essa obra do bem também teve dificuldades.

Com um fluxo de dados relativos a sete núcleos e mais de 22 projetos de atendimento, o Neojiba buscava uma gestão mais eficiente para aposentar de vez arquivos que entulhavam computadores e o trabalho das equipes.

“Era como estar na idade da Pedra, com planilhas e mais planilhas de Excel e documentos do Word que muitas vezes se perdiam nos PCs e até mesmo na web”, diz o maestro. “Decidimos dar um basta e buscar na tecnologia formas mais eficientes e rápidas de organização”.

A solução veio através da plataforma FileMaker – uma indicação do próprio Ricardo, que já conhecia e era usuário do sistema da subsidiária Apple para banco de dados. O desenvolvimento ficou a cargo de Euder Ribeiro, CEO da ByEuder, integrante da rede de canais FileMaker Business Alliance no Brasil, que partiu do zero para criar o sistema dos sonhos para o Neojiba.

Nascia uma nova era na organização de dados da instituição, com gestão integrada via web, melhorias na comunicação interna e aprimoramento do fluxo operacional nas áreas de pedagogia, acompanhamento social, módulo financeiro e almoxarifado em sete unidades da instituição.

“Temos hoje acesso online e irrestrito a todos os funcionários e integrantes do projeto – e pretendemos estender aos pais e alunos”, revela Ricardo Castro. “É ágil, prático, algo maravilhoso – uma das melhores coisas da plataforma”.

Outro destaque é a capacidade de adaptação que a plataforma FileMaker oferece para customização e melhorias na própria solução desenvolvida pela ByEuder.

“O trabalho é muito dinâmico e a ByEuder tem respondido com muita rapidez e profissionalismo a todas as nossas demandas, que são constantes, para adaptação de sistemas já criados”, diz o regente. “A flexibilidade na base de dados para controlar as novas atividades é um dos pontos que nos levou a adotar o FileMaker”.

Para acordes futuros em parceria com a tecnologia FileMaker, o maestro Castro informa que o Neojiba, Organização Social gerenciada pelo Instituto de Ação Social pela Música (IASPM) e um dos programas prioritários do Governo do Estado da Bahia, tem planos de investir em Educação à Distância.

“As soluções online tendem a crescer e queremos criar um sistema de difusão de conhecimento. Essa é uma das principais metas do Neojiba e temos certeza que o FileMaker nos ajudará nisso”.

Sobre a FileMaker, Inc. – A FileMaker, Inc. é uma subsidiária da Apple focada em capacitar equipes para criar com facilidade soluções de negócios para iPad, iPhone, Windows, Mac e web. Milhões de usuários, de pessoas físicas a algumas das maiores companhias do mundo, usam soluções criadas com a Plataforma FileMaker para simplificar processos de negócios, gerenciar informações críticas e aumentar a produtividade.

Mais informações sobre a FileMaker no Brasil:
Site Brasil: www.filemaker.com/br

  • Arquivos