jul
22
Postado em 22-07-2015
Arquivado em (Artigos) por vitor em 22-07-2015 00:35

DEU NO BLOG POR ESCRITO ( DO JORNALISTA LUIS AUGUSTO GOMES)

OPINIÃO

É preciso impedir que o país chegue ao caos

É imperioso que a presidente Dilma não tenha cometido pecado mortal, porque essa seria a única alternativa para que, com a efervescência do momento político, não viesse a ser colocado em jogo seu mandato.

A política costuma ser uma luta em campo aberto pelo poder. No caso presente do Brasil, tende a ser uma guerra suja, cruel, desumana, desonesta, canalha e quantos mais adjetivos possam ser incorporados a esta coleção.

Mas dos pragmáticos, hoje, se exige um pragmatismo maior ainda. O PT, francamente, não “preocupa” mais. Com a ressalva de idealistas e inocentes que compõem grande parte de seus quadros, é, pela ação das cúpulas, uma organização criminosa flagrada em múltiplos delitos.

Não terá futuro eleitoral nos próximos anos. Resta preservar, como única âncora visível neste tormentoso oceano de crises, se for possível, a honra do cargo presidencial, porque, mesmo a opção de nova eleição direta em três, quatro meses, seria carregada incerteza e constante instabilidade.

Ao lado da falta de credibilidade quase completa do segmento político, temos a perigosa combinação de retração econômica com inflação ascendente e um desemprego que se alastra. Um quadro cujo combate requer equilíbrio mental, sob pena de chegarmos, em pouco tempo, a extremos dramáticos.

Um pacto terá de emergir, com um programa mínimo elementar de ajuste econômico, concretização de uma reforma política de verdade, rejeitada a farsa atual e, sobretudo, justiça com quem tenha sido flagrado com a mão na massa – políticos, funcionários, empresários e cupinchas em geral.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos