DEU NO BLOG POR ESCRITO (DO JORNALISTA LUIS AUGUSTO GOMES)

OPINIÃO

Shoppings preferem o prejuízo

Insistindo na medida que afugenta clientes reais e potenciais, a entidade que congrega os shopping centers afirma que aeroportos, rodoviárias e hospitais cobram estacionamento de seus usuários – e não é o segmento que será “discriminado”.

Poder-se-ia argumentar, em contrário, que os locais citados são de uso eventual, pois não é todo dia que se recebem ou se despacham viajantes e, quanto aos hospitais, até são de indesejável frequência.

Mas prefiramos números objetivos da Federação do Comércio: queda nas vendas que chega a 50% em alguns empreendimentos, num cenário já afetado pela crise da economia, com desemprego, juros altos e inflação ascendente.

Numa demonstração de despreparo para a questão, embora venha rolando há muitos anos, surgem soluções “criativas”, como “descontos” em algumas lojas a partir de certo consumo e a “tarifa-empregado”, senão os comerciários teriam de gastar o salário em estacionamento e ainda ficariam devendo.

Num quadro em que todos perdem, os lojistas vão à Justiça contra a postura tacanha dos donos de shoppings, em tudo que essa palavra, nos dicionários, traduz: avareza, estupidez e astúcia, ressalvando-se, para evitar interpretação maliciosa, que este editor tem a média anual de frequência a shoppings igual a 3.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos