jul
07
Postado em 07-07-2015
Arquivado em (Artigos) por vitor em 07-07-2015 02:48

Deu no Estadão ( reproduzido no Blog do Noblat)

Tânia Monteiro e Vera Rosa, O Estado de S. Paulo

A presidente Dilma Rousseff desabafou nesta segunda-feira, 6, para auxiliares próximos que vai se defender e defender seu governo das acusações que estão sendo feitas, “com unhas e dentes”. Dilma, que está demonstrando tranquilidade apesar do tenso momento político que vive o País, rechaça a tese de impeachment que a oposição está destacando. Para a presidente, as pessoas que estão fazendo delação premiada, “vão ter de provar o que estão falando”. E ela, por sua vez, vai defender “ponto por ponto” do que está sendo acusada. Para a presidente, o resultado das urnas têm de ser respeitados e é por isso que ela vai defender “com todas as suas forças” o seu mandato e o seu governo.

A presidente Dilma e seu governo estão preparando uma “defesa consistente” para ser apresentada no Tribunal de Contas da União (TCU), explicando que as chamadas “pedaladas fiscais” ressaltará que foram feitas em outros governos também. Este, inclusive, é o tema do encontro que Dilma pediu com o Conselho Político, no Palácio da Alvorada, na noite desta segunda-feira. O objetivo da presidente Dilma é apresentar aos líderes dos partidos políticos da base aliada e seus presidentes, a sua defesa, antecipando o que vai ser levado ao TCU. A presidente quer que estas lideranças saiam em defesa dela e de seu governo e vai aproveitar para pedir, de novo, unidade da base aliada.

Be Sociable, Share!

Comentários

luiz alfredo motta fontana on 7 julho, 2015 at 7:08 #

Só falta o “ploft”!!!


Taciano Lemos de Carvalho on 7 julho, 2015 at 9:08 #

Até aqui as unhas e dentes estão perversamente cravadas nas jugulares do povo e do Brasil. E como sangram.


luis augusto on 7 julho, 2015 at 13:06 #

Tão a caminho de tentar derrubá-la. Vai ser um mangue.


luiz alfredo motta fontana on 7 julho, 2015 at 14:17 #

Pedúnculo podre, um leve balançar e termina ao chão, destino dos iguais.


luiz alfredo motta fontana on 7 julho, 2015 at 18:46 #

A pergunta que fica, para onde vão os ratos?


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos