O corpo do professor Roberto Albergaria será enterrado neste domingo, às 11h, no Cemitério do Campo Santo, na Federação.

Antropólogo, historiador e professor da Universidade Federal da Bahia (Ufba), Albergaria morreu em casa na sexta-feira, aos 63 anos.

Famoso pelo largo conhecimento acadêmico (construído entre Bahia e França), humanístico e popular, cultura e irreverência desconcertante e lúcida, Albergaria era persença constante nos meios de comunicação, opinando sobre temas de atualidade e comportamento.

Sua morte foi lamentada por companheiros de universidade, como atesta matéria assinada pela jornalista Cleidiana Ramos, de quem era amigo e interlocutor frequente, em matéria publicada na edição deste sábado, 4 de julho, em A TARDE.

“Albergaria era a inteligência mais viva, criativa e provocativa da Bahia”, disse o antropólogo Luiz Mott.

(Com informações do jornal A TARDE)

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos