Veja oficial da PM executando o cãozinho.
A dona, em pânico salva o outro.

DEU NO CORREIO 24HORAS

O governador Rui Costa comentou o caso do policial militar que matou um cachorro a tiros em Teixeira de Freitas, no sul baiano. Rui disse que assistiu ao vídeo “com indignação” e determinou que o comandante Anselmo Brandão, da PM, “tome as providências necessárias”.

Em postagem no Facebook, o governador afirmou que a ação do PM é “inadmissível” e não corresponde ao comportamento esperado por um integrante da polícia “nem de nenhum cidadão de bem”. “A Polícia Militar da Bahia há 190 anos orgulha a nossa população”.

Leia a íntegra da nota

“Assisti com indignação o vídeo que mostra um tenente da Polícia Militar da Bahia matando um cão a tiros em Teixeira de Freitas. A atitude é inadmissível e não condiz com o comportamento esperado de um integrante da nossa Polícia e nem de nenhum cidadão de bem. Determinei ao comandante Anselmo Brandão que tome as providências necessárias. A Polícia Militar da Bahia há 190 anos orgulha a nossa população. Mais uma vez reitero que o trabalho da PM é feito por homens e mulheres que se dedicam pela paz em nosso estado”.

Be Sociable, Share!

Comentários

rosane santana on 17 junho, 2015 at 7:07 #

Que loucura! A chacina do Cabula foi um gol de placa, nas palavras do governador. A morte do cachorro, que não deixa de chocar, o governador, instruído, claro, pelo secretário de Comunicação André Curvello, manifesta-se porque viralizou. Que mais se pode dizer sobre? ” E’ pau, e’ pedra, e’ o fim do caminho”…


rosane santana on 17 junho, 2015 at 7:20 #

Resumindo: no Cabula, um grupo de PMs foi defendido com veemência pelo governador. No caso do cachorro, um PM isoladamente comete o ato, então, lincha-se, isto mesmo, lincha-se porque e’ uma pessoa só, um só membro da corporação. Pois, analisando-se,friamente, podemos observar, no primeiro caso, o do Cabula, o que faz um coletivo de PMs com a mesma mentalidade do tenente que matou o cachorro, quando encontra pobres e negros pela frente, fato atestado pela Anistia Internacional e pelo Ministério Público. Mas o governador da Bahia não os enfrentou.
Como se vê, o governador neófito, está assessorado por gente muito despreparada.


rosane santana on 17 junho, 2015 at 7:23 #

Correção: o governador neófito está assessorado por gente muito despreparada na Comunicação.


Taciano Lemos de Carvalho on 17 junho, 2015 at 8:18 #

Matar cachorro é uma estupidez, sim. Mas chacinar jovens nas quebradas de Salvador numa madrugada é, para o governador, um verdadeiro “gol de placa”, é lance de rara felicidade de artilheiros.

A artilharia foi comemorada no palácio Rio Branco como se o governo tivesse vencido um campeonato. Mas foi quase isso mesmo. O campeonato brasileiro de chacinas.

Cães!


rosane santana on 17 junho, 2015 at 13:06 #

À propósito, o discurso do governador Rui Costa, durante o Congresso Nacional do PT, na semana passada, foi abafado por gritos de fascista. Quem assistiu, e não foram poucos, como informou a jornalista Malu Fontes, diz que foi chocante! Talvez, por isso, o governador Rui Costa, com muito atraso, venha divulgando, desde então, informações em que pede punição a PMs assassinos, embora nada fale sobre a chacina do Cabula. Ontem, através de uma rádio, pediu punição para os policiais que assassinaram o jovem Geovanni. Bem, a assessoria de Comunicação, especialmente o secretário André Curvello, começou a perceber que ninguém é bobo e que ficar divulgando nota do governador em pose de rambo, defendo policiais é suicídio político.http://www.correio24horas.com.br/detalhe/noticia/governador-quer-expulsao-de-policiais-envolvidos-em-morte-de-geovane/?cHash=8ede0aaa98752a040ee65219dfd2dd98


rosane santana on 17 junho, 2015 at 13:07 #

Correção: ficar divulgando foto do governador com pose de rambo.


rosane santana on 17 junho, 2015 at 13:11 #

Participação do governador Rui Costa no Congresso do PT
http://app.folha.uol.com.br/#noticia/562250


rosane santana on 17 junho, 2015 at 13:14 #

rosane santana on 17 junho, 2015 at 13:35 #

Trecho da matéria do UOL, cujo link foi postado acima: “O caso, que ficou conhecido como “chacina do Cabula”, foi tema do caderno de teses do PT no congresso. A tendência Articulação de Esquerda criticou a ação da polícia e a postura do governador no caso.”
Isso explica a mudança na postura do governador Rui Costa, interrompendo o vôo cego no qual era conduzido pelo secretário de comunicação, cansativo repetir, mas quem é do ramo, sabe qual é o papel desse profissional na fala pública do governador.


rosane santana on 17 junho, 2015 at 14:04 #

Encerrando:
Para se recompor do prejuízo causado à sua imagem por uma estratégia de COMUNICAÇÃO DESASTRADA, que contrariou os princípios do próprio partido, falta agora o governador ou o seu secretário de Segurança Pública, vir a público informar quem foi o policial/motorista de táxi que estuprou a turista carioca na manhã de quarta-feira de cinzas em Salvador. Segundo informações em off, o criminoso já foi identificado pela Polícia Civil.


luis augusto on 17 junho, 2015 at 14:57 #

Ró-Ró, posso publicar seu primeiro comentário, remetendo ao debate do BP?


rosane santana on 17 junho, 2015 at 16:43 #

Eis aqui Luis Augusto análise completa dobre o que pendo foi caso, publicada em minha página no Facebook, que aviso aos interessados ( olheiros ou não) e’ pública:
GOVERNADOR DA BAHIA MUDA ESTRATÉGIA DE COMUNICAÇÃO DEPOIS DE SER VAIADO E CHAMADO DE FASCISTA EM CONGRESSO DO PT
Depois de ser vaiado e chamado de fascista pelos próprios correligionários, durante o Congresso do PT realizado na semana passada em Salvador, por ter comparado a um “gol de placa”a atuação da PM na “Chacina do Cabula”, o governador Rui Costa corre atrás do prejuízo. Esta semana, já ocupou redes sociais, rádios e jornais para condenar os policiais assassinos do jovem Geovane nas dependências da Rondesp, em agosto de 2014, e a morte de um cachorro por um oficial da PM em Teixeira de Freitas. Para se recompor do prejuízo causado à sua imagem por uma estratégia de COMUNICAÇÃO DESASTRADA, que contrariou os princípios do próprio partido, falta agora o governador, ou o seu secretário de Segurança Pública, vir a público informar quem foi o policial/motorista de táxi que estuprou uma turista carioca na manhã de quarta-feira de cinzas em Salvador. Segundo informações em off, o criminoso já foi identificado pela Polícia Civil.


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos