Foto Luis Tito . Ag A Tarde

DEU NO PORTAL DO JORNAL A TARDE

Teófilo Henrique, com informações de Alean Rodrigues

O detento Deoclécio Aurélio Viana do Santos que estava internado no Hospital Cleriston Andrade, em Feira de Santana (109 km de Salvador) morreu na tarde desta segunda-feira, 25. A informação foi confirmada pelo diretor do hospital, João Carlos Pitangueira. Também nesta tarde os corpos dos outros oito mortos foram retirados do presídio e encaminhados para o Institulo Médico Legal (IML) da cidade.

De acordo com o diretor, Deoclécio ia ser operado, mas não resistiu aos ferimentos. “Ele não resistiu, tinha muitas lesões pelo corpo”, disse Pitangueira. Outros quatro presos receberam alta do hospital.

O motim foi encerrado na manhã desta segunda-feira, 25, com a liberação das pessoas, que passaram a madrugada dentro do conjunto penal.

Com o fim da rebelião, após mais de 18 horas de negociação, uma perícia e vistorias foram realizadas pelas polícias nas dependências da unidade prisional.

A polícia apreendeu dois revólveres e uma pistola, além de diversas armas brancas, informou o coronel da PM. Ainda segundo o comandante, o grupo que iniciou a rebelião tentou invadir outro pavilhão do presídio, mas foi impedido por cerca de 250 agentes penitenciários.

Durante as negociações o grupo pediu a presença da imprensa, OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) e da Comissão de Direitos Humanos da Câmara Municipal de Feira de Santana no local. Segundo o coronel da PM Adelmário Xavier, comandante da Regional Leste, todas as exigências foram atendidas.

O presídio tem capacidade para 608 pessoas, mas atualmente está com 1.500 presos.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos