Raul Castro no Palácio de Ondina,
de passagem por Salvador. Arquivo


DEU NO BLOG POR ESCRITO (DO JORNALISTA LUIS AUGUSTO GOMES)

Sessão homenageia Cuba em momento histórico

Quando propôs para o dia 14 de maio – próxima quinta-feira, às 9 horas –, na Câmara Municipal, uma sessão em homenagem a Cuba, a vereadora Aladilce Costa (PCdoB) não imaginava que a data chegaria num momento histórico tão expressivo quanto a reaproximação com os Estados Unidos, país que promoveu o boicote econômico à ilha, que já dura mais de 50 anos.

A implantação, no ano passado, em Salvador, do consulado de Cuba para o Nordeste, tendo como titular a diplomata Laura Pujol, inspirou a vereadora. A ideia era reforçar os laços entre Salvador e Havana, que desde 1993 são cidades-irmãs, por lei soteropolitana sancionada pela então prefeita Lídice da Mata.

“Há muita identidade entre Salvador e Cuba, especialmente culturais, e o povo baiano tem muita curiosidade sobre o país e sua população, além de um certo afeto, em razão da resistência dos cubanos a meio século de embargo, que trouxe privações e sofrimento”, explicou Aladilce.

Pauta ampliada valoriza setor econômico

Com a nova perspectiva aberta pelo encontro entre os presidentes norte-americano, Barack Obama, e cubano, Raul Castro, na última cúpula das Américas, a pauta de sessão de quinta-feira, que terá a presença da embaixadora no Brasil, Marielena Ruiz Capote, também se ampliou.

“Queremos juntar nessa discussão as Secretarias da Cultura, de Turismo e da Indústria e Comércio”, disse a vereadora, informando que foram convidados ainda os setores econômicos, como a Federação das Indústrias e Associação Comercial e a Fecomércio.

“A Bahia e Cuba podem se beneficiar reciprocamente na área da cultura e nós temos muito o que ganhar com a saúde e a educação, que são segmentos em que Cuba avançou muito”, afirmou Aladilce, desatacando ainda a participação das universidades públicas na sessão.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos