abr
24
Postado em 24-04-2015
Arquivado em (Artigos) por vitor em 24-04-2015 00:33

DO PORTAL EUROPEU TSF

O arcebipo de Bruxelas, André-Joseph Léonard, que também é primaz da Bélgica, foi condenado nesta quinta-feira (23)a pagar 10 mil euros como indenização a um antigo menino de coro vítima de um padre pedófilo, por não ter tratado do assunto.

O queixoso foi violado por um padre, no sul da Bélgica, entre 1987 e 1991. Os primeiros fatos ocorreram quando tinha 14 anos, tendo-lhe causado importantes sequelas psicológicas.

Em 1996, o ex menino de coro denunciou o seu violador a um tribunal interno da Igreja católica belga, que o aconselhou a seguir uma terapia.

Depois, apresentou queixa do agressor a um tribunal penal, mas os fatos foram considerados prescritos. Recorreu então à justiça civil para reclamar indenizações ao violador, que desta vez foi condenado.

Decidiu também pedir contas a André-Joseph Léonard, bispo de Namur, no centro do país, entre 1991 e 2010 e, a este título, superior hierárquico do padre violador. O tribunal de recurso de Liège deu-lhe hoje razão.

“Convém registrar que a forma como (André-Joseph Léonard) considerou e tratou a denúncia dos abusos de que (o queixoso) foi vítima manteve este num sentimento de injustiça e abandono, entre 1996 e 2001, e contribuiu para o desmoronamento da sua estrutura psíquica, a sua desvalorização e os problemas psicológicos que causaram uma incapacidade de trabalho”, indicou a sentença do tribunal, citada pelo jornal La Libre Belgique.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos