Pimentel dá medalha a Stedile sob protestos

DO JORNAL ESTADO DE MINAS

Em cerimônia marcada por protestos, 141 pessoas foram agraciadas nesta terça-feira com a Medalha da Inconfidência, em Ouro Preto. Em discurso rápido – que durou cerca de 15 minutos – durante o ato, o governador Fernando Pimentel (PT) destacou o legado de Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes. “Estamos reunidos para celebrar a memória de um homem, um herói e um mito. Representa um ideal sublime e difuso”, afirmou Fernando Pimentel. Segundo ele, o espírito de Tiradentes remete à Liberdade. Ele afirmou que o alferes foi “injustiçado” pelos que deixaram a Justiça de lado. “Não poderia ser mais adequado neste momento da história brasileira celebrarmos Tiradentes”, disse.

Durante a fala de Pimentel foram ouvidas muitas vaias e protestos. O ministro do Supremo, Ricardo Lewandowski, também foi alvo. Fernando Pimentel chegou a dizer, na abertura de seu discurso, que respeitava as vozes contrárias, mesmo que elas usem “palavras equivocadas”. Durante vários momentos, gritos como “Pimentel traidor” foram entoados pelos manifestantes. A Polícia Militar calcula que cerca de três mil pessoas ficaram do lado de fora da Praça Tiradentes, em Ouro Preto. Aproximadamente 600 ocuparam o espaço destinado ao público.

Pimentel fez questão de ressaltar, durante boa parte de sua fala, a necessidade de se fazer justiça, usando como exemplo a “injustiça” cometida ao personagem da história de Minas. “Os difamadores do humilde alferes foram condenados pelo mais implacável dos tribunais: o tempo”.

Be Sociable, Share!

Comentários

jader on 22 Abril, 2015 at 9:13 #

o EM esqueceu de falar que depois de 12 anos , a praça tiradentes foi aberta ao público.!!!!
http://www.jb.com.br/pais/noticias/2015/04/21/pimentel-defende-justica-e-critica-ansiedade-do-condenar-e-execrar/


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos