abr
19


Hugo: o turista assassinado em Itapuã
==============================================


O assassino diante do delegado/Foto:Correio

==================================================

DEU NO CORREIO 24HORAS

O adolescente F.M.S., 16 anos, confessou ter sido o autor dos disparos que mataram o turista espanhol Hugo Calavia Blanco, 36, e feriu outro espanhol, o engenheiro Alberto Aroz Calvo, que vive na Bahia, durante um assalto na segunda-feira (13), no bairro de Itapuã.

O suspeito foi apreendido na madrugada do sábado (18) na cidade de Serrinha, no Centro-Norte do estado, e afirmou que recebeu ameaças por telefone, após o crime, e por isso fugiu, na quinta-feira, para a casa de uma colega.

“Me ligaram e disseram que Lequinho e o outrooutro (Sardinha) não iam pagar. Que era pra eu me entregar, senão eu ia morrer”, disse ele, que ainda afirmou só ter lucrado R$ 35 com o crime – dinheiro usado para pagar a passagem para o interior.

Segundo o delegado Antônio Carlos Santos, da 12ª Delegacia (Itapuã), José Alexandre dos Santos Souza, conhecido como Wesley, apontado pelo menor como seu comparsa no crime, se entregou no início da noite de ontem, ao lado da mãe e do pai.

Ele prestou depoimento na 12ª Delegacia, responsável pelo caso. Na quarta, a polícia divulgou imagens que mostram os suspeitos abordando Hugo e Alberto.

Os espanhóis haviam saído de um restaurante e foram surpreendidos pelos bandidos ao irem buscar o carro, na Praça Calazans Neto.

Atingido no tórax e no pé, Alberto segue internado no Hospital Português, onde se recupera dos ferimentos.

Já Hugo morreu na hora, após ser baleado no rosto. O corpo dele foi levado para a Espanha na manhã de ontem.

Após o crime, o carro no qual os estrangeiros estavam, um EcoSport preto, foi levado pela dupla. A princípio, a polícia apontou Ivo Pereira Barreto, o Lequinho, e João Paulo de Jesus da Silva, o Sardinha, 19, como os homens que aparecem nas filmagens.

O delegado justificou o equívoco na divulgação dos nomes dos suspeitos pela semelhança física das duplas, e por, segundo ele, Lequinho ter sido visto dirigindo o veículo. “Há informações de que os quatro fazem parte de uma quadrilha de roubo de carro, que conta com muito mais gente”, concluiu.
publicidade

Os espanhóis haviam saído de um restaurante e foram surpreendidos pelos bandidos ao irem buscar o carro, na Praça Calazans Neto.

Atingido no tórax e no pé, Alberto segue internado no Hospital Português, onde se recupera dos ferimentos.

Já Hugo morreu na hora, após ser baleado no rosto. O corpo dele foi levado para a Espanha na manhã de ontem.

Após o crime, o carro no qual os estrangeiros estavam, um EcoSport preto, foi levado pela dupla. A princípio, a polícia apontou Ivo Pereira Barreto, o Lequinho, e João Paulo de Jesus da Silva, o Sardinha, 19, como os homens que aparecem nas filmagens.

O delegado justificou o equívoco na divulgação dos nomes dos suspeitos pela semelhança física das duplas, e por, segundo ele, Lequinho ter sido visto dirigindo o veículo. “Há informações de que os quatro fazem parte de uma quadrilha de roubo de carro, que conta com muito mais gente”, concluiu.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos