abr
16
Postado em 16-04-2015
Arquivado em (Artigos) por vitor em 16-04-2015 01:38

=============================================

OPINIÃO

DEU NO BLOG POR ESCRITO (DO JORNALISTA LUIS AUGUSTO GOMES)

“Impeachment” é medo recôndito de Wagner

Com raro senso para aproveitar as oportunidades de produzir declarações que o elevem, o ministro da Defesa, Jaques Wagner, tranquiliza a nação: é praticamente zero a possibilidade de as Forças Armadas intervirem no processo político, embora não seja preciso ser cientista político para saber disso.

É de lógica elementar que essa não é mais a fórmula de controle a exercer-se sobre a sociedade, bastando ver como a Rede Globo, um dos três pilares da ditadura de 1964, ao lado do poder econômico e da própria força militar, é hoje porta-voz da democracia e das liberdades.

Houve um tempo em que o poderoso conglomerado, cuja influência obviamente foi reduzida com o avanço do mercado de comunicação, negava a existência de movimentos populares, com licença da ênfase, realmente autênticos, como os comícios por eleições diretas de 30 anos atrás.

Passada essa fase, e constatando que é mais fácil ganhar eleições, o establishment nacional mudou de tática para não renunciar à estratégia de controle social. A televisão está nas ruas para demonstrar a “insatisfação generalizada”, que, com um pouco de apuro, poderá conduzir, quem sabe, ao impeachment da presidente Dilma.

É essa a preocupação do ministro Wagner. Tanto que, na mesma entrevista em que procurou nos confortar com a mensagem da solidez constitucional, observou que “o poder é conquistado pelo voto popular e é perdido pelo voto popular”.

Be Sociable, Share!

Comentários

jader on 16 Abril, 2015 at 10:22 #

“é hoje porta-voz da democracia e das liberdades”…..K,k,k,k,k,k,k,k,k,k,k,k,k,k,,k, .É por isto que os movimentos sociais dizem : ” o povo não é bobo , abaixo a rede globo” !!!!!!!!!!!


luiz alfredo motta fontana on 16 Abril, 2015 at 12:21 #

Aquartelado

Esta a peculiar condição de Wagner

Cautela?

Missão abortada pela causa bolivariana, afinal ditaduras deste naipe precisam das forças armadas na hora certa.

Seja lá qual a opção, o hoje aquartelado Wagner, ainda sonha, não mais com a ponte de 13 km, mas agora com o momento correto de abandonar o navio.


luiz alfredo motta fontana on 16 Abril, 2015 at 12:32 #

Enquanto isto continua firme no papel de “mordomo de madame” na Base naval de Aratu.


rosane santana on 16 Abril, 2015 at 13:31 #

Movimentos sociais financiados pelo governo do PT.


rosane santana on 16 Abril, 2015 at 13:33 #

Acrescente-se, com o dinheiro da classe média, que o PT abomina, enquanto afaga os bangueiros e empreiteiros, que deveriam pagar mais impostos. Jader, você escreve para otários. Os leitores do BP não são otários!


rosane santana on 16 Abril, 2015 at 13:35 #

correcão: banqueiros


Jader on 16 Abril, 2015 at 13:42 #

Mas tem comentaristas que são!!!!!!!!!!!!!!!!! Ahf!! este pessoal de Harvard havia prometido que não me responderia mais . Que pena !!!


rosane santana on 16 Abril, 2015 at 13:46 #

Com certeza, você é um deles!


Jader on 16 Abril, 2015 at 13:58 #

Esperava-se mais elegância da turma de Harvard!!!!!!!!!!!!!!!!


rosane santana on 16 Abril, 2015 at 13:59 #

kkkkkk. S’ou da turma do Roberto, “pode vir quente que eu estou fervendo.”


rosane santana on 16 Abril, 2015 at 14:00 #

Elegância, pra quem merece elegância. Não é o seu caso!


rosane santana on 16 Abril, 2015 at 14:27 #

O BP não é espaço de doutrinação, mas de inteligência!


Jader on 16 Abril, 2015 at 15:09 #

Salve o BP ! Segundo a doutora de Harvard , um espaço de inteligência. Ou seja é um espaço exclusivo para ela .
“O primeiro passo na busca da verdade é a humildade. O segundo, a humildade. O terceiro, a humildade. E o último, a humildade!” Santo Agostinho –


rosane santana on 16 Abril, 2015 at 15:45 #

As afirmações são suas e o espírito de vira lata que você condena, também!


rosane santana on 16 Abril, 2015 at 15:46 #

corrigindo: Complexo de vira lata.


luiz alfredo motta fontana on 16 Abril, 2015 at 17:58 #

Da série uma coisa leva a outra

Saudades de Clementina

Para vadiar não precisava de Ministério

https://www.youtube.com/watch?v=HI7-AYGLsqc

Afinal o que tem feito Wagner?


luis augusto on 16 Abril, 2015 at 22:41 #

Vou dizer algo que deveria ter dito de saída, mas ponderei, por julgar irrelevante. Como vai longe essa conversa, participo.

Acho que Jader. a quem não conheço, citando o trecho do texto que diz ser hoje a Rede Globo “porta-voz da democracia e das liberdades” e seguindo com uma gargalhada, não considerou ser uma ironia.

Tenho certeza de que não há dúvida sobre minha posição em relação à Rede Glob0o, cansativamente exposta durante mais de 40 anos.

Concordo com Rosane sobre os “movimentos sociais”: não existem. Se a turma partir agora para o “impeachment” de Dilma, hipótese ainda improvável porque requer uma conjunção muito ampla de fatores, o PT não conseguirá botar ninguém na rua, como não tem posto. A seiva secou, evaporou, diante do desenlace de uma onda que a tanta gente iludiu.

Quanto ao estilo de debate, cada um tem o seu. Debate quem quer, com quem quiser, até quando quiser. Se eu achar que não dá pra mim, pulo fora. Abraços generalizados.


jader on 18 Abril, 2015 at 18:05 #

Sugestão para o Luis Augusto fazer no feriado : ver o documentário de Simon Hartog em 1993 para o canal 4 da BBC sobre a Rede Globo e que a rede Globo quis proibir no Brasil.
https://www.youtube.com/watch?v=PiV-i-fcxHw


luis augusto on 19 Abril, 2015 at 7:53 #

Vi na época.

“Beyond Citizen Kane”, protagonizado pelo “Stálin das comunicações”, que “mandava os adversários para a Sibéria do esquecimento”.


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos