mar
29

O tempo passa, inexorável. Um mês já transcorreu desde a partida de Tuna Espinheira. Estou voltando, com Margarida, da igreja onde foi celebrada no começo desta noite de sábado, 28, a missa de trigésimo dia em memória do cineasta admirado dos baianos e querido amigo de muitas e longas jornadas de convivência: de colégio, arte, cultura, bares e vida.

No convite para a missa, a filha dileta Rosa Espinheira sintetizou a razão da celebração de 01 mês, “da passagem do meu pai Tuna Espinheira: Reunir os que amam sempre faz sentido”.
Local: Igreja Nossa Senhora da Assunção, Rua das Rosas 467,  Pituba.
Horário: 19 hs
Te amamos pra sempre meu pai, Rosa & Yarinha (a mulher amada de uma vida inteira).

Tudo acompanhado da distribuição entre os presentes de um belíssimo trabalho de arte gráfica da artista plástica e presente e talentosa amiga de sempre: Lígia Aguiar

Valeu, Tunante. Onde quer que você esteja. Seguramente na área reservada aos escolhidos por merecimentos especiais: grandes de espírito, inteligêcia, generosidade, arte e luz.

VIVA TUNA!! VIVA O CINEMA!!!

(Vitor Hugo Soares)

Be Sociable, Share!

Comentários

Lígia Aguiar on 29 Março, 2015 at 22:58 #

Obrigada, Vitor Hugo, por sua sensibilidade e amizade de sempre. Estamos todos juntos nessa rede de amor.


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos