Thomas Traumann de saída: “novos rumos”

Thomas Traumann, ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social, entregou nesta quarta-feira sua carta de demissão à presidente Dilma Rousseff (PT), que aceitou o pedido. A informação é da Secretaria de Imprensa da Presidência da República, que publicou nota oficial nesta tarde. Ele é o segundo ministro do governo Dilma a pedir demissão no intervalo de uma semana – Cid Gomes, da Educação, entregara o cargo no último dia 18 após um bate-boca com o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

“A presidenta Dilma Rousseff aceitou hoje, 25, pedido de demissão do ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social, Thomas Traumann. A presidenta agradeceu a competência, dedicação e lealdade de Traumann no período como ministro e porta-voz”, diz o comunicado. O documento não informou quais os motivos da demissão, nem indicou quem será o substituto.

Traumann esteve em evidência na mídia, nos últimos dias, após um documento interno supostamente elaborado pela Secom e publicado pelo jornal “O Estado de S. Paulo”, na semana passada, admitir que o governo federal adotou uma “comunicação errática” no Estado de São Paulo e que o País vivia um momento de “caos político”. Após a reportagem, o ministro saiu de férias.

Nesta semana, comissões do Senado e da Câmara aprovaram convites para que Traumann desse explicações sobre o documento. Atrubuído à Secom, o texto sugeria aumentar investimentos em comunicação em São Paulo, em parceria com o prefeito Fernando Haddad (PT).

Uma das últimas participações de Traumann em agendas públicas de Dilma aconteceu na cidade de São Paulo, no último dia 10, quando a presidente foi vaiada em uma feira da construção civil no Anhembi (zona norte).

Trajetória

Jornalista de formação, Thomas Timothy Traumann é natural de Rolândia, interior do Paraná. Ele teve passagens por grandes agências de comunicação, além dos veículos Folha de S.Paulo, Veja, UOL, Época, e ficou conhecido por coberturas de ecologia, do MST e no caso do Mensalão.

Ele chegou ao Palácio do Planalto no início do governo Dilma, em 2008, como assessor especial de Antônio Palocci, quando este era responsável pela Casa Civil, durante o primeiro mandato de Dilma. Com a saída de Palocci, passou a atuar em conjunto com a então chefe da secretária, Helena Chagas, também como assessor. Helena saiu em fevereiro de 2014, e Traumann assumiu a secretaria em seu lugar.

mar
25
Posted on 25-03-2015
Filed Under (Artigos) by vitor on 25-03-2015

Flávio Dino, governador do Maranhão pelo PC do B. Sobre a marcha dos 9 governadores do Nordeste, convocada para a tarde desta quarta-feira, 25, em Brasília.

A cantora portuguesa Teresa Salgueiro apresenta seu primeiro álbum autoral, “O Mistério”, com um show único nesta sexta-feira , 27 de março ( antevéspera dos 466 anos de Salvador), às 21h, na Sala Principal do Teatro Castro Alves (TCA). Os ingressos podem ser comprados online ou nas bilheterias. Em “O Mistério”, Salgueiro se apresenta na voz e no piano junto a um quarteto de músicos, que são: Marlon Valente (acordeon), Óscar Torres (contrabaixo), Graciano Caldeira (guitarras) e Rui Lobato (bateria, percussão e guitarra). A última vez que a artista cantou na capital baiana foi em outubro de 2013, como convidada da Série TCA, com teatro lotado. A soprano se tornou conhecida no Brasil como vocalista do grupo “Madredeus”, um dos mais internacionais de Portugal, com o qual atuou por 21 anos.

BOA TARDE!!!

mar
25
Posted on 25-03-2015
Filed Under (Artigos) by vitor on 25-03-2015

OPINIÃO

A EXCLUSÃO DOS APOSENTADOS

“Aposentado que se respeita não abastece nos postos da BR Distribuidora”, este é mote da campanha que os aposentados pretendem difundir em todo o Pais, através das redes sociais e imprensa, em resposta à atitude da presidente Dilma Rousseff que excluiu o resjuste das aposentadorias da Medida Provisória que prevê correção do salário mínimo até 2019.

O objetivo é chamar a atenção contra o tratamento discriminatório que o governo tem dado aos aposentados nos últimos anos, sempre com correções abaixo dos índices concedidos aos assalariados. O mesmo grupo pretende influenciar os aposentados a utilizar a prerrogativa legal que lhes permite escolher a agência bancária onde quer receber os seus proventos e retirar a conta do Banco do Brasil e Caixa Econômica.

É preciso, também que todos os empregados em atividade que recolhem INSS deixem de abastecer seus veículos nos postos da BR Distribuidora porque o tratamento de hoje será o mesmo a ser oferecido aos futuros aposentados. Se a presidente Dilma não respeita os aposentados e os tratan com discriminação não há porque manter seus proventos nos bancos oficiais, que eles busquem outras fontes para aumentar seu saldo médio.

O jornalista Renato Ferreira, um dos idealizadores da campanha, lembra à presidente da República que os aposentados que se aproveitaram de auto-mutilação para conseguir aposentadoria pelo caminho da ilegalidade representam um mínimo irrisório, a maioria absoluta ralou nos empregos durante mais de 35 anos e dessa forma merecem e precisam de recursos para sobreviver com dignidade os seus últimos dias.

mar
25

DEU NO BLOG GAMA LIVRE (DE TACIANO CARVALHO)

Do STF

Na sessão desta terça-feira (24), por unanimidade de votos, a Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) negou Mandado de Segurança (MS 33092) impetrado contra acórdão do Tribunal de Contas da União (TCU) que decretou a indisponibilidade dos bens do ex-presidente da Petrobras Sérgio Gabrieli e de outros executivos da estatal. Para os ministros, o ato impugnado está Inserido no campo das atribuições de controle externo conferido ao TCU pela Constituição Federal de 1988.

De acordo com os autos, o acórdão que decretou a indisponibilidade patrimonial dos autores do MS se insere em processo no qual o TCU apura supostas irregularidades na compra da Refinaria de Pasadena, no Texas (EUA), pela Petrobras, em 2007. O MS sustenta que a determinação do TCU de tornar indisponíveis os bens dos executivos teria desrespeitado o devido processo legal e o direito ao contraditório, além de não trazer a individualização das condutas.

Jurisprudência

Em seu voto, o relator do caso, ministro Gilmar Mendes, reforçou os fundamentos que o levaram a negar o pedido de liminar, em agosto de 2014. De acordo com o relator, a jurisprudência do STF entende que é possível, ainda que de forma excepcional, a concessão, sem audiência da parte contrária, de medidas cautelares, por deliberação fundamentada do tribunal de contas.

O ministro salientou que o relatório que integra o acórdão do TCU aponta detalhadamente quais seriam as supostas irregularidades e as responsabilidades dos agentes investigados. O relatório, apontou o ministro, traz um histórico minucioso dos fatos mais relevantes, com descrição ampla do processo de aquisição da refinaria, mensurando prejuízos e supostos danos, com as devidas propostas de encaminhamento, de forma individualizada. De acordo com o relator, o documento diz, ainda, que a Refinaria, avaliada por consultorias especializadas em R$ 126 milhões, acabou sendo adquirida pela Petrobras por pouco mais de R$ 1,2 bilhões. Não se está diante de um caso corriqueiro, mas de situação excepcional, asseverou o relator.

O TCU parece ter procedido com a diligência e cautela que o caso exige, estando presentes os requisitos legais para a decretação cautelar da indisponibilidade de bens para evitar danos a erário ou impossibilidade de ressarcimento, concluiu o relator ao votar pela denegação da ordem.

Ao acompanhar o relator, o decano da Corte, ministro Celso de Mello, frisou que o TCU, valendo-se de sua prerrogativa constitucional, exerceu mais do que um poder, mas o dever-poder de neutralizar possíveis gravames ao erário. Ao decretar o provimento cautelar pela indisponibilidade dos bens sem prévia audiência das partes, o TCU não ofendeu a garantia ao devido processo legal, procedendo em absoluta harmonia com orientação do STF, concluiu o decano, lembrando que no próprio acórdão o TCU determinou a imediata citação dos envolvidos, para que possam exercer sua defesa técnica

DEU NO DIÁRIO DE NOTÍCIAS, DE LISBOA

“Vamos lá ver, não façamos drama, que no avião iam catalães, não pessoas”, é uma das mensagens que estará a ser investigada pelas autoridades espanholas.

O ministro do Interior espanhol, Jorge Fernández Díaz, ordenou que as autoridades investiguem uma série de comentários ofensivos feitos através do Twitter, em relação às vítimas do acidente do voo 4U9525 da Germanwings, quecaiu na terça-feira nos Alpes franceses com 150 pessoas a bordo – 49 das vítimas mortais são espanholas, segundo o governo de Madrid.

A decisão do governo segue-se à tomada pelos Mossos d’Esquadra (a polícia da Catalunha) que já tinha recolhido as mensagens ofensivas e enviado à procuradoria-geral de Barcelona. Em causa está um eventual crime de ódio.

Fontes do Ministério do Interior explicaram que foram detetadas mensagens “muito ofensivas” contra algumas vítimas do acidente aéreo por ser de origem catalã. “Os crimes ocorreram em algumas mensagens que apareceram em redes sociais, onde alguns usuários gozavam com o fato de algumas vítimas do acidente são catalães”, indicou um porta-voz do Ministério do Interior.

“Bem, vou dizê-lo eu, mas meia Espanha está a pensar, oxalá que os 45 apelidos espanhóis sejam catalães, bascos e panchitos [latino-americanos]”, escreveu outro usuário, segundo imagens recolhidas pelo jornal La Vanguardia.

DEU NO BLOG POR ESCRITO (DO JORNALISTA LUIS AUGUSTO GOMES)

É preciso ter fé para salvar a Paralela

O governador Rui Costa e o prefeito ACM Neto, com direito a tiradas humorísticas, reuniram-se para discutir assuntos do interesse de Salvador, entre as quais o metrô que se projeta para a Avenida Paralela, indo da Rótula do Abacaxi a Lauro de Freitas.

Nesse caso, deveriam todos os soteropolitanos, mesmo os que não professam religião, unirem-se em oração para que os corações dos dois mandatários sejam iluminados e eles não perpetrem esse atentado contra a cidade.

Desde que o assunto entrou na pauta, há alguns anos, chamamos a atenção para aspectos negativos de um obra dessa envergadura, especialmente o custo e a dificuldade de execução na maior avenida da capital, tendo como parâmetro o metrô calça-curta do Bonocô, de 15 anos e cinco quilômetros.

Mas destacamos também a questão estética e ambiental, apontando o crime social que seria acabar o canteiro central da Paralela, com seus gramados, jardins, árvores e lagoas, sem falar nas formações rochosas de grande beleza.

————————————————————


Na Paralela, projeto de um monstrengo ainda
pior que o metrô calça curta de Salvador

Professor vê segregação social na obra

Não um leigo, mas um especialista, o arquiteto e professor universitário Paulo Ormindo de Azevedo, tem sido, ao longo dos últimos anos, um crítico frequente do projeto atual, em palestras, debates e artigos na imprensa.

Em 2013, na Câmara Municipal, já dizia que “o mais apropriado seria um projeto simples, no estilo em trincheira, que permitiria a manutenção do gramado no canteiro central da Avenida Paralela, com ciclovias e outros equipamentos de lazer, dispensando viadutos e passarelas”.

No último domingo, em A Tarde, no texto “Dividindo Salvador ao meio”, Ormindo, que voltou a abordar os aspectos paisagístico-ambiental, econômico e técnico da construção, deu destaque a um enfoque de natureza sociológica:

“Como a Paralela tem muito pouca ocupação ele vai funcionar mais como um trem suburbano que metrô e criará uma barreira intransponível ao nível do solo de 19,5 km separando a cidade rica da orla do Atlântico da cidade pobre do Miolo”.

========================================

BAHIA EM PAUTA COMENTA: Corajosa, fundamentada e apropriada opinião (sustentada em informações relevantes) do jornalista Luis Augusto Gomes, publicada em seu blog Por Escrito, esta semana, e reproduzida hoje (25) neste Bahia em Pauta.

Por escrito pode contar com o BP na louvável atitude de denúncia e ação de combate contra mais este atentado que se planeja perpetrar contra a Cidade da Bahia, às vésperas de comemorar 466 anos de fundação.

BP contribuirá não só com a reza a todos os santos e a todos os orixás, para que livrem a cidade de mais esse mostrengo nascido do improviso do poder público. Arquitetura mambembe de visível interesse político e eleitoreiro ( e sabe-se lá que outros interesses submersos mais, a julgar pelo arremedo de metrô que temos, em 15 anos de obras e rios de dinheiro “escorridos”). A situação até clama por uma CPI séria e independente.

Olho vivo, Salvador. Não se deixe engana outra vez pelo mesmo conto. Para conferir depois, quando não tiver mais jeito.

(Vitor Hugo Soares)

BOM DIA!!!

mar
25

DEU NO DIÁRIO DE NOTÍCIAS

por Raquel Costa

A tenista norte-americana de 33 anos, que foi fotografada por Annie Leibovitz, revela que “estar no topo é difícil e solitário”

É a número um do WTA, o ranking de tenistas profissionais, lugar que ocupa há 110 semanas. Com umA extensa lista de prémios, que lhe granjearam o título de Rainha do Court, Serena Williams alcançou mais um feito: ser a primeira atleta negra a aparecer na capa da edição norte-americana da revista Vogue.

Serena já havia aparecido na capa da Vogue norte-americana, em 2012, mas dividindo o protagonismo com outros dois atletas de alta competição. Williams junta-se assim ao restrito grupo de mulheres negras protagonistas de um editorial da revista conduzida por Anna Wintour, entre as quais se incluem a primeira dama dos EUA, Michelle Obama, Beyoncé e a atriz Lupita Nyong”o.

mar
25
Posted on 25-03-2015
Filed Under (Artigos) by vitor on 25-03-2015


Sid, no portal de humor gráfico, A Charge Online

Pages: 1 2

  • Arquivos