mar
21
Postado em 21-03-2015
Arquivado em (Artigos) por vitor em 21-03-2015 00:39


“Aos 22 anos, apaixonei-me pelo meu chefe. E aos 24 anos, sofri consequências devastadoras”, disse a ex-estagiária da Casa Branca, que durante a última década pouco tem aparecido em público

DEU NO DIÁRIO DE NOTÍCIAS, DE LISBOA

Mônica Lewinsk, a cA célebre ex-estagiária da Casa Branca assumiu, numa conferência TED, em Vancouver, que se apaixonou pelo homem errado (o ex-presidente dos Estados Unidos, Bill Clinton) e que todo o processo que se seguiu a transformou numa vítima de supostos justiceiros

Lewinsky reapareceu em público quinta-feira,19, numa conferência TED, no Canadá, onde apresentou uma curta comunicação em defesa da luta contra o cyberbullying e declarou que, em relação a esse problema, ela foi a “paciente zero”.

Perante uma sala cheia no Centro de Convenções de Vancouver, Lewinsky falou do “Preço da Humilhação” e contou a sua versão da história que a tornou célebre em finais dos anos de 1990 e que quase fez cair o presidente democrata Bill Clinton, então com 49 anos.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos